Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Diabetes tipo 1 é mais fatal para mulheres do que para homens

Pesquisa revela que diabéticas tipo 1 têm 40% maior risco de morrer por todas as causas do que homens com a mesma condição

Mulheres com diabetes tipo 1 têm 37% maior probabilidade de morrer do que homens com a mesma doença. A conclusão é de uma revisão de 26 estudos publicada no periódico The Lancet Diabetes & Endocrinology.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Risk of all-cause mortality and vascular events in women versus men with type 1 diabetes: a systematic review and

meta-analysis

Onde foi divulgada: periódico The Lancet Diabetes & Endocrinology

Quem fez: Rachel R Huxley, Sanne A E Peters, Gita D Mishra e Mark Woodward

Instituição: Universidade de Queensland, na Austrália, entre outras.

Resultado: Mulheres com diabetes tipo 1 têm 40% mais risco de morrer por todas as causas do que homens com a mesma doença.

Pesquisadores avaliaram dados de mais de 200.000 pessoas com diabetes tipo 1 de 1966 a 2014. Eles descobriram que as mulheres têm duas vezes mais risco de falecer por infarto, 37% por derrame e 44% por doenças renais. No compilado de todas as causas, a probabilidade de morrer é 37% maior entre elas.

Para os autores da pesquisa, dificuldades em controlar o índice glicêmico e administrar a insulina, mais comuns no sexo feminino, podem contribuir para a elevação das mortes por doenças vasculares.

Leia também:

Diabetes pode aumentar risco de Alzheimer em 50%

Cientistas criam ‘pâncreas artificial’ para controlar diabetes tipo 1

(Da redação de VEJA.com)