Como ser mais saudável em 2013

Emagrecer, se alimentar melhor, parar de fumar... Especialistas dão dicas para atingir esses e outros objetivos

Resoluções de ano novo não são ‘mania de brasileiro’. Uma pesquisa realizada por John Norcross, professor de psicologia da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos, mostrou que 40 a 50% dos americanos fizeram resoluções para 2013. A mesma pesquisa listou as metas mais comuns, e grande parte delas se relaciona com a saúde. Entre as dez mais comuns encontram-se perder peso, fazer exercícios, ter uma alimentação mais saudável e parar de fumar.

Porém, não é difícil prever que grande parte das resoluções acaba sendo deixada de lado rapidamente – até voltarem a ser lembradas no ano novo seguinte. Um bom modo de sair desse ciclo e evitar recaídas é maneirar nas promessas. Em vez de começar uma dieta radical impossível de ser mantida por mais de um mês, é melhor, por exemplo, começar por objetivos mais modestos, como ingerir menos gordura e açúcar. E antes de se matricular na academia por impulso, vale a pena pesquisar diferentes tipos de atividade física para escolher qual tem mais chances de ser seguida por mais tempo. Principalmente nas decisões que dizem respeito à saúde, não se deve pensar em ‘resoluções’, mas em novos hábitos.