Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Câmara dá aval para médicos militares atuarem no SUS

A matéria tem apoio do governo, que tenta ampliar o número de profissionais na rede pública

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que permite a médicos das Forças Armadas o acúmulo de cargos, o que abre caminho para atuarem também no Sistema Único de Saúde (SUS). Ao todo, 396 deputados votaram em favor da proposta. A matéria vai à promulgação.

Aprovada em agosto no Senado, a matéria tem apoio do governo, que tenta ampliar o número de profissionais atuando na rede pública de saúde. O texto, no entanto, permite que os profissionais militares também possam exercer a profissão na rede privada, o que torna desconhecido seu resultado no SUS.

De acordo com o Ministério da Defesa, atualmente há cerca de 4.000 militares atuando na área médica. A proposta determina que profissionais da Marinha, do Exército e da Aeronáutica só poderão ter direito ao acúmulo de cargos caso o horário da segunda jornada seja compatível com o serviço militar.

Leia também:

Senado aprova medida que autoriza médicos militares a atuarem no SUS