Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil tem 591 casos da doença

O Ministério da Saúde anunciou no início da tarde deste sábado, 27, que mais 69 casos da gripe suína foram confirmados no País, elevando para 591 o total de pessoas infectadas. Dos novos casos, a maioria foi registrada no estado de São Paulo (34) e os demais no Rio de Janeiro (8), Rio Grande do Sul (7), Paraná (7), Minas Gerais (4), Distrito Federal (2), Santa Catarina (2), Espírito Santo (2), Pará (1), Maranhão (1) e Amazonas (1).

Quando se considera o total de vítimas no país, a maior concentração foi registrada no Estado de São Paulo, com 294 casos. A seguir, estão os estados de Minas Gerais, com a confirmação de 69 casos, o Rio de Janeiro com 60, Santa Catarina com 45 e o Rio Grande do Sul com 35. O ministério informa que apoia a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul no acompanhamento da evolução do quadro clínico de dois pacientes infectados no exterior que continuam internados. Esse balanço foi feito com base em informações repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde até as 11h deste sábado.

Morte – O americano Michael Glenn Brannan, 58 anos, morreu na tarde de sexta-feira na cidade gaúcha de Montenegro, a 60 quilômetros de Porto Alegre. Ele vinha apresentando sintomas de gripe suína. Caso seja confirmado que o vírus A (H1N1) causou a morte de Brannan, ele será considerado a primeira vítima fatal da doença no Brasil.

O caso está em investigação e, conforme a Secretaria Estadual da Saúde e a direção do hospital, a confirmação da causa da morte será informada na segunda-feira, quando estarão prontos os resultados dos exames, inclusive da aspiração naso-faringeo, que poderá confirmar a incidência da nova gripe.

(Com Agência Estado)