Anvisa proíbe 22 lotes de medicamento para esquizofrenia

A medida foi motivada por um pedido de recolhimento feito pela Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda para o produto Haldol injetável, 5mg/mL, 1mL

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta segunda-feira a distribuição, comercialização e o uso de 22 lotes do medicamento Haldol (haloperidol) injetável, 5mg/mL, 1mL, da empresa Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda, para o tratamento de pacientes com esquizofrenia. A medida tem como base um erro na rotulagem do remédio. 

Veja também

A determinação, publicada no Diário Oficial da União (DOU), foi motivada por um comunicado feito pela própria empresa à Anvisa e leva em consideração, ainda, a classificação de risco à saúde como classe III. A Anvisa determinou que a empresa recolha o estoque existente no mercado relativo aos respectivos lotes.

Confira abaixo os lotes interditados:

6003 (val. 01/2021)
6004 (val. 01/2021)
5012 (val. 08/2020)
5015AA (val. 09/2020)
5014 (val. 09/2020)

5015A (val. 09/2020)
5015 (val. 09/2020)
5013 (val. 09/2020)

5006A (val. 03/2020)
5005B (val. 03/2020)
5006 (val. 03/2020)

5005A (val. 03/2020)
5003A (val. 01/2020)
5004 (val. 01/2020)
5001 (val. 01/2020)
5002 (val. 01/2020)
4017 (val. 10/2019)
4015 
(val. 08/2019)
4011 (val. 06/2019)
4006 (val. 02/2019)
3011 (val.09/2018)
2011 (val. 10/2017)

Veja também

A resposta da empresa

Por e-mail, a Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda afirmou: “A Janssen  está voluntariamente recolhendo no Brasil 22 lotes de HALDOL® (haloperidol) Injetável 5mg/ml de distribuidores e hospitais, devido a uma informação incorreta impressa na embalagem do produto.

A empresa tem comunicado autoridades, clientes e profissionais de saúde sobre a situação, e está trabalhando para corrigir a informação e restabelecer a disponibilidade do produto no mercado o mais rápido possível.

É importante reforçar que esse problema está relacionado exclusivamente a uma divergência de informação. A bula atualizada do medicamento contém todas as informações corretas sobre a indicação e a administração do produto, que permanece seguro para utilização conforme indicação de bula e prescrição médica.”

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Sergio Augusto

    Vão jogar remedio de uso hospitalar, na lata de lixo, por causa de uma bula ??? que Incompetência essa ANVISA !!

    Curtir

  2. Osmar Serrragem

    A Anvisa é uma piada…Moleque de recados da competentíssima e seríssima Janssen-Cilag…

    Curtir