Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tiririca, Bin Laden e Obama: o caldeirão bizarro das eleições 2014

Candidatos se inspiram em personagens famosos para escolher o nome que com que aparecerão na urna. Há seis 'Tiriricas' em todo o Brasil, incluindo o original

De super-heróis a vilões, não faltou criatividade a candidatos na hora de escolher um nome famoso com o qual disputarão as eleições. Resultado: concorrem no pleito deste ano para deputado federal e estadual personagens como Bob Marley, Barack Obama, Michael Jackson, Batman, Osama bin Laden, Papai Noel e nada menos do que seis Tiriricas – um deles, o palhaço original, que obteve 1,3 milhão de votos há quatro anos. O apelido do deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, que tenta se reeleger pelo PR, inspirou candidatos no Amapá, Amazonas, Mato Grosso e Goiás, segundo a lista do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em Alagoas um dos “admiradores” decidiu ousar: aparecerá na urna como Tiririka. Sim, com “K”.

Além de Tiririca, os eleitores do Amazonas vão se deparar na urna com Osama bin Laden, que concorre a deputado estadual. Já no Espírito Santo, um gari espera receber votos com o apelido Batman Capixaba. O cantor jamaicano Bob Marley inspirou até o penteado de um postulante a deputado estadual em Rondônia. Com dread locks nos cabelos, o agricultor que declarou um único bem à Justiça Eleitoral – um sítio, mas não especificou o tipo de cultivo a que se dedica – aparecerá na urna como Bob Marley de Rondônia.

Há também um cover do Michael Jackson e um sósia do presidente dos Estados Unidos, que se parece quase nada com Barack Obama. O candidato Obama Brasil, que declarou ter como ocupação ser membro de ordem ou seita religiosa, mantém um site onde coloca fotos de participações em programas de TV, como o Pânico na Band. A Justiça Eleitoral permite que os candidatos escolham o nome que aparecerá na urna para facilitar o reconhecimento do eleitor. Ao contrário do “Obama brasileiro”, um dos três candidatos com nome de Papai Noel realmente lembra a figura do bom velhinho na foto do registro de candidatura: aparece com uma barba branca e cheia.

Entre os super-heróis, Batman aparece pelo menos duas vezes. Um deles é o ativista que recentemente emparedou o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), para cobrar melhorias na saúde pública. O empresário Gleyson Farney Lima Dias, que costuma fazer rapel em pontes da cidade e até no prédio espelhado da Câmara Municipal para protestar, resolveu dobrar uma das letras do nome do Homem-Morcego e vai às urnas como Battman.

Veja a seguir mais candidatos bizarros dessas eleições.