Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Tenho mais coisas para fazer’, diz Lula sobre mensalão

Ex-presidente diz que não assistirá julgamento do maior escândalo de corrupção do país, que agiu na estrutura de seu governo e beneficiou o PT

Horas antes de o Supremo Tribunal Federal (STF) começar a julgar os 38 réus do mensalão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desdenhou do escândalo de corrupção que marcou o seu governo (2003-2010). “Tenho mais coisas para fazer do que isso, quem tem de assistir são os advogados”, afirmou ao ser questionado se acompanharia a transmissão pela televisão.

O ex-presidente foi homenageado na manhã desta quinta-feira pela União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) e pela Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio). Lula participou do evento acompanhado do presidente nacional do partido, Rui Falcão, e do governador de Sergipe, Marcelo Deda.

Leia também:

Acompanhe a transmissão do julgamento do mensalão

Entenda o escândalo, as evidências contra cada réu e o que dizem em sua defesa

Lula chegou bem humorado e afirmou que está “inteiraço” para ajudar na reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014. Embora tenha recomendação médica para poupar a voz, Lula falou durante 30 minutos. No discurso, o ex-presidente deu a entender que não pretende voltar à vida política. “Eu não preciso voltar, eu já voltei. Não vou parar (por causa do câncer na laringe). Estou aqui inteiraço para ajudar a Dilma ser eleita mais uma vez”, afirmou o ex-presidente.

O julgamento do mensalão começou na tarde desta quinta-feira, sete anos depois da descoberta da mais bem organizada quadrilha agindo na estrutura de um governo no Brasil, que beneficiou o PT e seus aliados.

(Com Agência Estado)