Senador Clésio Andrade renuncia ao mandato

O senador Clésio Andrade (PMDB-MG) renunciou ao mandato nesta terça-feira. A carta de renúncia foi lida por Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado. O peemedebista alegou razões de saúde. Clésio, cujo mandato se encerraria em janeiro de 2015, havia assumido o mandato em 2011, após a morte do titular da cadeira, Eliseu Resende. Agora, quem fica com a vaga é Antônio Aureliano Sanches de Mendonça, filho do Aureliano Chaves, governador de Minas Gerais na década de 1970. O novo senador não terá muito trabalho: o Congresso está esvaziado por causa do período eleitoral. Clésio é réu em um dos processos do valerioduto mineiro. Com a renúncia, é possível que a ação penal deixe o Supremo Tribunal Federal (STF) e volte à Primeira Instância. (Gabriel Castro, de Brasília)