Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Secretaria afasta delegado que fez busca na casa de filho de Lula

Pasta da gestão Alckmin diz que afastamento ocorre 'para preservação das investigações'; na noite desta terça, denúncia anônima levou polícia ao endereço

Subordinada ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) afastou do caso, nesta quarta-feira, o delegado da Polícia Civil responsável pelas buscas na casa de Marcos Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na cidade de Paulínia (SP), na noite de ontem.

Segundo nota da SSP, o secretário Mágino Barbosa Filho determinou “procedimento administrativo para apurar em que condições ocorreu uma diligência de busca e apreensão” e que o afastamento do policial ocorre “para preservação das investigações”. A busca foi realizada após uma denúncia sobre uso de drogas no local, mas nada foi encontrado. O órgão também ressalta que a responsabilidade pelo mandado foi da juíza Marta Brandão Pistelli.

Marcos Cláudio é filho do primeiro casamento da falecida ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva e foi adotado pelo ex-presidente. Ele teve uma breve atuação na vida pública: foi  diretor de Turismo e Eventos da prefeitura de São Bernardo do Campo (SP) e pré-candidato a vereador pelo PT em 2008, mas teve a postulação barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Nesta terça-feira, o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente e seu neto, apontou “caráter abusivo” na ação da Polícia Civil. “A busca e apreensão, feita a partir de denúncia anônima e sem base, não encontrou no local o porte de qualquer bem ou substância ilícita, o que é suficiente para revelar o caráter abusivo da medida.”

Repercussão

A ação da polícia paulista contra Marcos Cláudio gerou reação de nomes proeminentes do PT. No Twitter, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) classificou a diligência como uma “invasão”, “mais uma ação abusiva cometida por exibicionismo midiático”. “Não havia nenhuma investigação em andamento, e a invasão da casa de Marcos Cláudio foi baseada apenas numa denúncia anônima falsa”, completou.

A petista ainda relacionou o caso com o suicídio de Luiz Carlos Cancellier de Olivo, reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) que tirou a própria vida depois que foi preso pela Polícia Federal e afastado da função, suspeito de desviar recursos de programas de educação a distância (EaD) da UFSC. “Arbitrariedades policiais como estas levaram ao suicídio do reitor da UFSC, um homem a quem não se deu direito de defesa”, escreveu a ex-presidente na rede social.

Em Brasília, a busca na residência do filho adotivo do ex-presidente foi o gancho para que o líder do partido na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP), defendesse a volta do projeto de lei sobre abuso de autoridade para a pauta do Congresso. “Estamos vivendo no Brasil um verdadeiro abuso das autoridades policiais, que fazem perseguições a pessoas, não só da política, mas também a pessoas comuns”, disse.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Wagner Nogueira Santos

    Vivemos num país COMUNISTA ! TODOS os políticos são satanistas e COMUNISTAS, inclusive o ALCKMIN ! TÔDA a imprensa falada, escrita e televisiva é SATANISTA e COMUNISTA, haja visto as exposições DEMONÍACAS do SATÃNDER e do ITAÚ objetivando a destruição da família CRISTÃ !

    Curtir

  2. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Mesmo sem ser p… nenhuma, esse tal de Lula continua mandando e desmandando. Que absurdo questionar a ação da polícia.

    Curtir

  3. Parabéns para o governador em afastar esse abusado absurdo entrar na casa de um cidadão por denunçia anonima !

    Curtir

  4. JOSÉ ALVES GUIMARÃES

    Neste país de m…. a bandidagem sempre tem razão. E o povo honesto e trabalhador? Este, apenas, trabalha, produz as riquezas, paga impostos para sustentar os bandidos, vota e elege os canalhas que vão lhe roubar e escravizar.

    Curtir

  5. Carlos G S Maldonado

    Cobra criada como a Dilma e ela falando em cobra criada.

    Curtir

  6. Ai tem, tá com cheiro de armação, e armação da grossa, vai vendo. Agora o molusquinho vai se vitimizar e dizer que foi abuso. Família “metralha”. E antes que me esqueça…#bolsonaro2018

    Curtir

  7. Warley Ferreira Dias

    Se eu ligar dizendo que tem drogas na casa do Dória, a polícia vai lá? Na casa da filha de Alkmin? Claro que não, mas os perturbados não têm condição de pensar 1 min que seja e apoiam esta barbárie.

    Curtir

  8. Raymundo Correa de Almeida Neto

    Regime de exceção foi afastar o delegado das investigações sendo que este foi fazer as buscas respaldado por um Mandado Judicial e, DENUNCIAS, mesmo sendo ANÔNIMAS, tem que ser INVESTIGADAS. Simples assim!!

    Curtir

  9. WALTER OITICICA GONDIM

    Grande peso tem o estado de Alagoas. Essas pesquisas marotas não merecem credibilidade. É simplesmente triste ver esses números e acreditar neles. Fajutice da pesada.

    Curtir