PT repete foto com Maluf, e Padilha comemora: ‘Feliz em ver o doutor Paulo conosco’

Adesão do PP à candidatura de Alexandre Padilha (PT) renderá mais de um minuto na propaganda eleitoral do petista no rádio e na TV

Durante décadas, o nome do ex-prefeito Paulo Maluf (PP) integrou a lista de inimigos do PT paulista, como símbolo de um político que representava a direita e a corrupção. Porém, seguindo sua cartilha do vale-tudo eleitoral, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva resolveu jogar por terra esses valores nas eleições de 2012, quando selou o apoio de Maluf ao então candidato a prefeito Fernando Haddad (PT). A foto dos três no jardim da casa do ex-prefeito foi a imagem mais marcante da campanha. Nesta sexta-feira, o PT decidiu repetir o abraço: em evento na Assembleia Legislativa de São Paulo, Maluf oficializou o embarque do PP na campanha do ex-ministro Alexandre Padilha (PT) ao governo estadual.

Escolhido por Lula para tentar quebrar a hegemonia do PSDB à frente do Palácio dos Bandeirantes, Padilha não demonstrou constrangimento em posar para foto ao lado de Maluf. Mais: ao comemorar o apoio, referiu-se ao aliado pelo título de “doutor Paulo” – Maluf é engenheiro -, numa forma de tratamento que só era usada por aliados do ex-prefeito no passado. “Estamos muito felizes em ver o PP e o doutor Paulo Maluf conosco. Nós queremos ver o PP nos ajudando a construir propostas consistentes para o Estado”, disse Padilha.

Em sua fala, Maluf usou o discurso que o aproxima do PT, atacando o governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição. “Se vocês querem mais quatro anos de violência e sem água, não votem no Padilha.”

A adesão do PP à chapa de Padilha renderá precioso um minuto e dezesseis segundos à propaganda eleitoral do petista no rádio e na televisão. O partido também fechou apoio à candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição. “Podem escrever e me cobrar, Dilma ganha no primeiro turno”, disse o ex-prefeito.