Ameaça de bomba interdita Salão Verde da Câmara

Interdição se deu após ameaça anônima. Nada foi encontrado em varredura, mas acesso ao local segue restrito

A Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados interditou nesta segunda-feira o acesso ao Salão Verde do prédio após uma ligação anônima avisando de que haveria uma bomba no local. Segundo informou a corporação, a ligação foi feita por um telefone de São Paulo ao gabinete da Polícia Legislativa.

Embora os policiais não tenham encontrado nenhum indício de bomba no local, a área segue interditada, com entrada liberada apenas para funcionários.

O Salão Verde é a principal área nobre do prédio da Câmara. É por esse espaço que parlamentares e assessores acessam o plenário da Câmara.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Aloisio Barros

    Podem apurar! Verão que foi petista que colocou.

    Curtir