Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Na MP do ajuste, deputados abrem caminho para construção de ‘shopping’ na Câmara

Enquanto aumentaram os impostos sobre produtos importados, deputados aprovaram na noite desta terça-feira uma medida que facilita a construção de um anexo na Câmara que contará com restaurantes, gabinetes mais espaçosos, praças de convívio e agências de turismo – o já chamado shopping center dos parlamentares, promessa de campanha do presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Trecho da medida provisória número 668/2015 estende a lei com regramentos para licitações para o poder Legislativo e facilita que a Câmara firme parcerias público-privadas (PPP), modelo previsto para a obra. Alvo de críticas, o primeiro-secretário Beto Mansur (PRB-SP) tentou explicar a necessidade da construção: “Nossas instalações estão deterioradas. Os funcionários sequer saem para ver o sol. Com a PPP, não vamos gastar dinheiro público, e sim da iniciativa privada”, disse o deputado. E emendou: “Não vamos ter lojas Louis Vuitton. Vamos ter mais escritórios”. A construção do “shopping” dos deputados está prevista para custar 1 bilhão de reais. (Marcela Mattos, de Brasília)