Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula cobra mais empenho do PT em São Paulo

Descontente com a dupla derrota do PT em São Paulo nas eleições de domingo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou mais empenho do partido no estado. Além de amargar a vitória de Geraldo Alckmin (PSDB) para o governo estadual no primeiro turno, a legenda ainda viu José Serra alcançar 783.101 votos a mais do que Dilma Rousseff entre os eleitores paulistas.

De acordo com a edição desta terça-feira do jornal O Estado de S. Paulo, Lula ligou logo cedo na segunda-feira para Aloizio Mercadante, candidato derrotado ao governo de SP, perguntando quais seriam as estratégias no PT no estado neste segundo turno.

Mercadante ficou encarregado de ser o interlocutor de Dilma com partidos que estão fora do arco de aliança petista no estado. “Vamos conversar com as principais lideranças do PV, de São Paulo e do Brasil inteiro, da bancada federal, estadual. Vamos dialogar com eles. Vou procurar conversar também com a Marina [Silva] pessoalmente, pela relação que tenho com ela”, afirmou Mercadante.

Caberá a Mercadante analisar o perfil dos 4.865.828 eleitores que votaram em Marina no domingo. Alguns dirigentes petistas creem que, ainda que ela declare apoio a Serra, seus eleitores se identificariam mais com uma candidatura de centro-esquerda, o que favoreceria Dilma. Mercadante vai conversar também com os demais candidatos derrotados por Alckmin – Fabio Feldmann (PV), Paulo Skaf (PSB) e Celso Russomanno (PP) – para tentar integrá-los à campanha de Dilma neste segundo turno.