Ibope em SP: Doria cresce 8 pontos e encosta em Marta

Pesquisa mostra Celso Russomanno (PRB) ainda na liderança, com 30% das intenções de voto. Fernando Haddad (PT) tem 9% e Luíza Erundina (PSOL), 5%

O Ibope divulgou nesta quarta-feira novos números para a corrida eleitoral em São Paulo. Encomendado pelo jornal O Estado de S. Paulo e a TV Globo, o levantamento, primeiro divulgado pelo instituto de pesquisas depois do início do horário eleitoral, mostra Celso Russomanno (PRB) na liderança, com 30%. Apesar de manter a ponta na disputa, o deputado federal encolheu de 33% para 30% em relação ao último Ibope, divulgado em agosto.

Marta Suplicy (PMDB) se manteve na segunda posição, variando de 17% a 20% das intenções de voto. A ex-prefeita, contudo, não está mais isolada na vice-liderança. Assim como no Datafolha divulgado na última sexta-feira, João Doria (PSDB) teve o maior crescimento e passou de 9% a 17%, empatando com Marta na margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. Apoiado pelo governador Geraldo Alckmin, Doria amealhou o maior tempo de TV entre os candidatos à prefeitura da capital paulista.

LEIA TAMBÉM:
Datafolha: Doria cresce 11 pontos, e Marta, 5
Haddad e Erundina aproveitam ato para fazer campanha

O prefeito Fernando Haddad (PT) se manteve com 9% das intenções de voto, seguido pela ex-prefeita Luíza Erundina (PSOL), que caiu de 9% para 5%. A candidata do PSOL tem apenas 10 segundos no horário eleitoral gratuito.

Entre os demais candidatos, Major Olímpio (SD), Altino (PSTU), João Bico (PSDC), Henrique Áreas (PCO), Levy Fidélix (PRTB) e Ricardo Young (Rede), nenhum obteve mais de um ponto percentual na pesquisa. Brancos e nulos se mantiveram na casa dos 13%; não sabem ou não responderam 3% dos eleitores.

O Ibope entrevistou 1.001 eleitores entre os dias 10 e 13 de setembro. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, o que significa que, considerando a margem de erro, há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. A pesquisa foi registrada no TRE-SP sob o protocolo SP-01493/2016.

Segundo turno

O Ibope também fez projeções para o segundo turno em São Paulo. Celso Russomanno vence em todos os cenários simulados.

A adversária mais dura ao candidato do PRB em um eventual segundo turno seria Marta Suplicy, que perde por 44% a 33%. O tucano João Doria perderia por 49% a 28%.

As maiores vantagens de Russomanno se dão contra Fernando Haddad, 54% a 20%, e Luíza Erundina, 54% a 23%.

Rejeição

No quesito rejeição, também medido pelo Ibope, Fernando Haddad lidera isolado: 48% dos eleitores dizem não votar de jeito nenhum nele. Sua gestão na prefeitura é reprovada por 53% dos paulistanos.

Abaixo dele vêm Erundina, com 29% de rejeição, Marta, com 27%, Russomanno, rejeitado por 22%, e Doria, o menos rejeitado entre os principais candidatos, com 18%.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bertazzi

    Me inclua nos 48% que não vota no Radard e nem no PuTê nem sob tortura

    Curtir