Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Haddad ironiza Passe Livre: ‘Por que não ida para a Disney grátis?’

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), ironizou nesta quinta-feira o pleito dos manifestantes que pedem passe livre nos ônibus. “Mas por que não um almoço grátis? Tem tanta coisa que podia vir à frente. Podia ter almoço grátis, jantar grátis. Ida para a Disney grátis”, disse o prefeito, durante discurso em agenda pública em Santo Amaro, na Zona Sul da capital paulista. Os protestos começaram depois que as tarifas de ônibus, trem e metrô subiu de 3,50 reais para 3,80 reais, no último dia 9. “É melhor eleger um mágico em outubro porque um prefeito não vai dar conta”, afirmou. Haddad também reclamou que a gratuidade nas passagens para estudantes tem custo de 700 milhões de reais para a prefeitura e que a soma de todas as elas atinge 2 bilhões de reais. Por isso, o prefeito pediu que o debate sobre o assunto seja feito com seriedade. “Passe livre para todo mundo custa todo o IPTU da cidade. Eu precisaria pegar todo o IPTU da cidade, tirar da educação, tirar da saúde, tirar da cultura, tirar de tudo para dar isso aí.” O Movimento Passe Livre (MPL) marcou para esta quinta-feira o quinto ato contra o aumento do valor da passagens, no Terminal Parque Dom Pedro II, às 17 horas. (Com Estadão Conteúdo)

Leia mais:

Protesto contra tarifa termina em confronto no Centro