Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Haddad entrega menos da metade do pacote antienchente

Pelo menos catorze obras foras descartadas do pacote de 79, segundo jornal

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), cumpriu menos da metade das obras emergenciais contra enchente prometidas quando assumiu o cargo. Das 79 obras anunciadas, apenas 27 – ou 34% – foram finalizadas, informa reportagem do jornal Folha de S. Paulo. Outras catorze obras foram descartadas, segundo o jornal, por “inviabilidade técnica”.

Anunciado em março de 2013, o pacote de obras previa projetos de curto e médio prazo ao custo de 133 milhões de reais. O Programa de Redução de Alagamentos (PRA) inclui canalização de córregos e ampliação de galerias pluviais. Na época, Haddad afirmou que tiraria da gaveta 79 projetos que, segundo ele, foram esquecidos por gestões anteriores. O petista também estipulou prazo de 1 ano para conclusão das obras, uma vez que os projetos exigiam tempo menor do que os de macrodrenagem – construção de piscinões, por exemplo.

Segundo o secretário de Infraestrutura Urbana e Obras, Roberto Garibe, outras dezesseis obras serão entregues até dezembro e 22 estão “em fase de adequação”. Em uma das obras visitadas pelo jornal, na região da Lapa, na Zona Oeste da capital paulista, operários disseram que a previsão para finalização da obra é somente no ano que vem. A prefeitura anunciará ainda nesta sexta-feira um plano de contenção de cheias para 2015.

Leia também:

PT e PSDB já preparam disputa pela prefeitura de São Paulo

MP investiga instalação das ciclovias em São Paulo

Obra de ciclovia na Paulista será concluída só em 2015