Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo tem nova rodada de negociação com grevistas

Planalto tenta aplacar ímpeto do movimento com sequência de reuniões, mas mantém última proposta feita: 15,8% de reajuste até 2015

O Ministério do Planejamento marcou para esta terça-feira uma nova rodada de negociação com representantes de categorias do serviço público federal em greve. O secretário de Relações de Trabalho da pasta, Sérgio Mendonça, terá uma sequência de encontros com sindicalistas que começou no fim da manhã e deve seguir até a noite.

Leia também:

Em greve, policiais federais fazem ato em aeroporto de SP

Ministro manda cortar ponto de agentes da PF em greve

Esta é mais uma ofensiva do governo para tentar aplacar o ímpeto do movimento grevista. Representantes da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), um dos principais coordenadores da greve, serão recebidos por Mendonça. Algumas categorias terão reuniões separadas. Dentre elas, estão os policiais federais, os fiscais agropecuários e os agentes penitenciários.

O Ministério do Planejamento diz que, por enquanto, o governo mantém a proposta anterior, de um aumento de 15,8% para os servidores grevistas. A elevação salarial seria feita de forma gradativa, até 2015.

A greve geral no serviço público tem atingido setores importantes; na semana passada, o governo obteve uma liminar no Superior Tribunal de Justiça impedindo a realização de operações-padrão pelos policiais federais. Um dia antes, o protesto da categoria havia causado transtorno nos aeroportos.

Segundo o Planalto, cerca de 70 000 servidores federais estão de braços cruzados em todo o país. O governo pretende concluir as negociações sobre reajustes salariais até 31 de agosto, quando precisa fechar a proposta de orçamento para 2013.