Gilmar Mendes suspende depoimento de Aécio à PF

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) atendeu ao pedido do senador tucano que pedia para ser ouvido após ter acesso aos outros depoimentos

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), adiou para a próxima semana o depoimento do senador Aécio Neves (PSDB) à Polícia Federal (PF). Em decisão desta terça-feira, o ministro atendeu a um requerimento do próprio Aécio que pedia para ser ouvido após sua defesa ter acesso aos depoimentos das outras testemunhas.

O senador tucano é investigado por um suposto esquema de corrupção em Furnas que envolvia também o PP. O ex-senador Delcídio do Amaral apontou, em depoimento à força-tarefa da Operação Lava Jato, Aécio como destinatário de propina em um esquema de corrupção envolvendo a hidrelétrica. Delcídio não citou valores que teriam sido repassados ao senador tucano, mas disse que o então diretor de Engenharia de Furnas Dimas Toledo, que ocupava o cargo apoiado pelo PP e por Aécio, tinha um “vínculo muito forte” com o senador do PSDB.

Em sua decisão, Mendes defere o pedido do senador. “Ante o exposto, defiro o requerimento do investigado Aécio Neves da Cunha, para determinar que a autoridade policial junte aos autos todos os depoimentos de testemunhas já colhidos, franqueando acesso à defesa, e suspenda o interrogatório do requerente, por pelo menos 48 horas, contados da juntada.”

Delcídio também revelou que “Dimas operacionalizava pagamentos e um dos beneficiários dos valores ilícitos sem dúvida foi Aécio Neves, assim como também o PP, através de José Janene”. Outro delator da Lava Jato a implicar o presidente do PSDB em suposta corrupção em Furnas é Alberto Youssef. O doleiro afirma que Aécio recebia, por intermédio de sua irmã Andrea Neves, valores mensais.

Em junho de 2016, Mendes autorizou a continuidade das investigações que haviam sido suspensas em maio daquele ano pelo próprio ministro que pediu à Procuradoria Geral da República justificativas para dar continuidade ao caso.

Segundo o advogado Alberto Zacharias Toron, que defende Aécio, o adiamento tem por objetivo permitir ao senador “ter acesso à íntegra dos documentos que fazem parte do inquérito, como determina a lei e, em especial, a súmula 14 do Supremo Tribunal Federal”. “Desde o ano passado, o senador tem se colocado à disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos necessários a provar a absoluta correção de todos os seu atos”, afirmou.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. “Calma pessoal, vamos aguardar o blog do (RA), tenho certeza que ele vai achar um ponto ou uma virgula na constituição para apoiar o seu amigão.”

    Parem de ler a coluna dele, mesmo que vcs leiam só para zuar ele depois, isso da ibope para ele, se ninguem abrir a coluna dele rapidinho a veja corta ele para dar lugar a outro.

    Curtir

  2. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Boa Gilmar. Aécio meu governador e meu senador.

    Curtir

  3. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    E ai pessoal, ainda duvidam que toda essa patuscada vai terminar em pizza? Em 2018 Lula vem candidato e a direita burra vai elege-lo. Quem viver verá.

    Curtir

  4. Paulo Bandarra

    Gilmar apitou perigo de gool.

    Curtir

  5. carla pinheiro

    Aécio o um verdadeiro pupilo para turma da esquerda… Se tiver o nome do Aécio em qualquer matéria da mídia, um exército é convocado para atacá-lo…

    Curtir

  6. Cada dia que passa acredito mais e mais que pagamos os ministros do Supremo Tribunal Federal para protegerem os bandidos de colarinho branco do Brasil!

    Curtir

  7. Genivaldo Marques

    Absurdo, só a mão de Deus sobre esse juizeco. Só os de caráter duvidoso aprovam esse tal de Gilmar.

    Curtir

  8. Aos amigos a lei, aos inimigos o rigor da lei. Esta deve ser a máxima da segunda turma do STF onde estão, dentre outros, Gilmar Mendes e Dias Toffoli. Esperar o que?

    Curtir

  9. Nossa , o PSDB, também ta igual ao PT< PP< PMDB…….

    Curtir

  10. persianasflaci.blogspot.com

    Cheiro de pizza no ar .. só falta definir o sabor …

    Curtir