Eduardo Jorge diz que nunca usou maconha

Atualizado às 13h25 de 05/10

Defensor da descriminalização da maconha, o folclórico Eduardo Jorge afirmou, após debate entre os presidenciáveis nesta quinta-feira, que jamais experimentou a droga. “Eu tenho uma família de esportistas. Na minha casa nunca ninguém fumou nem cigarro, imagine maconha. Nós cuidamos muito da nossa saúde”, disse, ressaltando que é médico e que jamais “cairia numa bobagem dessas”. Para provar que não precisa de entorpecentes, o candidato à Presidência pelo Partido Verde citou alguns de seus hobbies: “Prefiro ler Tolstoi ou jogar futebol com meu neto”, disse. (Marcela Mattos, do Rio de Janeiro)

Ao contrário do que informava esta nota, o candidato do PV à Presidência, Eduardo Jorge, não afirmou que tem entre seus passatempos assistir ao desenho Toy Story. O verde referia-se ao escritor russo Leon Tolstoi (1828-1910), autor de clássicos como Anna Karenina e Guerra e Paz. O site de VEJA pede desculpas aos seus leitores e ao candidato.