Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Doria quer conceder parques à iniciativa privada até o fim do ano

Chamamento público para a concessão deverá ser aberto entre junho e agosto. Ao todo, 107 parques serão repassados à administração privada

A gestão João Doria (PSDB) pretende repassar a administração dos 107 parques municipais à iniciativa privada até o fim deste ano. O chamamento público para a concessão dos equipamentos, segundo informou o prefeito na manhã deste sábado, deverá ser aberto entre junho e agosto. O chamamento organizará as concessões em pacotes, que incluirão um parque de grande porte – como o Ibirapuera, na zona sul, ou o Parque do Carmo, na zona leste – e quatro menores. Doria não deu mais detalhes de como será o processo.

“Vamos ter ações combinadas, um parque mais nobre e outros mais afastados. Para que os parques mais ermos, da periferia, sejam adotados e tenham uma boa gestão também”, disse o prefeito na manhã deste sábado, em evento no Ibirapuera. De acordo com Doria, várias empresas já demonstraram interesse em gerir o Ibirapuera, mas “oportunamente” será feito o anúncio do escolhido. “Não é uma cidade vendida, é a cidade melhorada, mais humanizada”, defendeu.

A capital tem 106 parques municipais. Até abril, segundo a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, será inaugurado um novo parque: o do Chuvisco, no Jabaquara, na zona sul. Nos casos dos parques Ibirapuera e do Carmo, Doria também quer conceder os planetários.

Durante o evento, o prefeito foi abordado por representantes de cooperativas, que temem perder o trabalho com as mudanças na administração. Segundo Antonia Cileide de Oliveira de Souza, presidente da Cooperativa dos Vendedores Autônomos do Ibirapuera, o prefeito assegurou que a entidade de ambulantes continuará operando mesmo com as concessões. “Se a mudança é para ser boa, não pode ser de uns e outros não. Tem de ser para todos”, afirmou Antonia.

Doria esteve no Ibirapuera, acompanhado da primeira-dama, Bia, para apresentar a reforma de oito dos 16 banheiros do local, feita com 450.000 reais pagos por empresas. Segundo ele, a manutenção também não terá custos para a Prefeitura. A conclusão das obras nos banheiros deve ser ocorrer em até 60 dias, quando também devem ser inauguradas novas quadras esportivas no parque, reformadas por empresas. Nos banheiros, 14 grafiteiros pintaram 11 novos murais.

Projeto

O plano de desestatização do tucano, uma de suas principais bandeiras, tem 55 itens. Além dos parques, estão na lista o Estádio do Pacaembu, que também será concedido, e o Complexo do Anhembi e o Autódromo de Interlagos, que deverão ser privatizados.

Neste mês, vereadores da oposição e também da base aliada já avisaram a Doria que não vão aprovar um pacote único para as desestatizações. Eles exigem que sejam elaborados textos específicos para cada equipamento a ser vendido ou concedido. Apesar de não ter declarado publicamente, Doria disse aos parlamentares que aceita fatiar seu plano em alguns projetos independentes.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Robson La Luna Di Cola

    Parques são BENS PÚBLICOS. Foram construídos com dinheiro dos nossos impostos. Serão que a iniciativa privada vai cobrar ingresso para quem quiser frequentar os parques? Só falta isso!

    Curtir

  2. ESSE CARA FICOU BILIONARIO GRAÇAS A EMBRATUR–FOOORA PSDB ,PMDB-PT- AS DESGRAÇAS DO PAIS

    Curtir

  3. Geraldo Guimarães

    Esses do PSDB querem vender o Brasil. São Lesa Pátria. Um dia pagarão pelo o que estão fazendo agora. PSDB o partido da elite e contra o Brasil. Não sou PT mais esse pessoal do PSDB são contra o Brasil.

    Curtir

  4. Rodrigo Reis

    Excelente iniciativa … vamso tirar as tetinhas destes pelegos … Avança SP!!!

    Curtir

  5. Rodrigo Reis

    Excelente iniciativa … vamos tirar as tetinhas destes pelegos … Avança SP!!!

    Curtir

  6. Paulo Carvalho

    Recentemente ele visitou xeiques árabes oferecendo patrimônios públicos. Se os bens públicos forem adquiridos por capital islamico, certamente haverá uma mesquita ou museu islâmico dentro do ibirapuera por exemplo. Aliás, em alguns anos não se chamara ibirapuera mas, mohamed parque e interlagos, será autodromo mustafá.Sinceramente, não o vejo como bom gestor. Pode ser bom para seus próprios negócios, mas para gerir uma capital ou mesmo um país, Doria prostitui o patrimonio público.

    Curtir

  7. Sergio Augusto

    Tudo que não presta sempre começa por Sp, depois prolifera pelo País !!!

    Curtir

  8. Jose Jaime Zaccarelli Sagueiro

    Muito Bom . Vamos Melhorar com Responsabilidade e Valorizar as Ações Inteligente . Boa Dória .

    Curtir

  9. jair fernando possebon

    Eita pelegada, estao perdendo a TETA, vao trabalhar bando de Vadios, sugadores do Estado..

    Curtir

  10. Pedro Lamarao

    Privatiza, Dória. Privatiza tudo. Os esquerdistas estão desesperados, comentando até no site da veja.
    Vai ser melhor pra SP, galera o estado não tem condições de administrar o tamanho que tem

    Curtir