Delcídio do Amaral, o outro amigo de Bumlai

Além do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o senador e líder do governo na Casa, Delcídio do Amaral (PT-MS), também era amigo próximo do pecuarista José Carlos Bumlai. Eles teriam se conhecido na época em que Delcídio foi trabalhar como secretário de Infra-estrutura e Habitação no Estado do Mato Grosso do Sul, em 2001. Na época, o governador era o Zeca do PT, o mesmo que intermediou a aproximação entre Bumlai e Lula. “Bumlai era próximo de Delcídio, pois é um dos maiores fazendeiros e empresários do Mato Grosso do Sul. Ele conheceu Delcídio quando este saiu da Petrobras e foi ser secretário de Estado do governo do Zeca do PT”, diz trecho do depoimento concedido pelo delator Fernando Baiano ao Ministério Público Federal, que serviu como base para o mandado de prisão expedido ontem contra Bumlai. Por pouco o caminho dos dois amigos não se cruzou nos últimos dias. Na terça-feira, o pecuarista foi preso na 21ª fase da Operação Lava Jato. Nesta quarta, foi a vez de Delcídio ser detido por suspeitas de tentar obstruir as investigações do escândalo do petrolão. Outra coincidência: os dois receberam a visita incômoda da Polícia Federal no hotel Golden Tulip, em Brasília, onde estavam hospedados. (Eduardo Gonçalves, de São Paulo)