Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cúpula do Conselho de Ética relata manobras de Cunha ao PGR

No dia da leitura do parecer que pede a cassação do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recebeu nesta quarta-feira a cúpula do Conselho de Ética. No encontro, o presidente do colegiado, deputado José Carlos Araújo (PR-BA), e o vice, Sandro Alex (PSD-PR), relataram as recentes manobras realizadas por Cunha e seus aliados para evitar a perda de mandato do peemedebista. Eles detalharam as estratégias usadas pelo sucessor de Cunha na presidência, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), que fez uma série de interferências no conselho, levando à demora recorde no processo, e ainda a consulta que pode mudar o entendimento sobre as punições e imputar ao peemedebista uma pena mais branda. “Embora afastado, Eduardo Cunha mantém seus tentáculos manobrando de todas as formas. Ele está sufocando o conselho”, disse o presidente do colegiado, após a reunião. Janot é responsável pelo pedido de afastamento de Cunha da presidência, acatado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em maio, e pela denúncia à suprema corte que o tornou réu por corrupção e lavagem de dinheiro. (Marcela Mattos, de Brasília)