Cunha citará Rodrigo Maia em delação premiada

Ex-presidente da Câmara pretende contar que o atual, cotado para suceder Michel Temer, era destinatário de recursos ilícitos

Aliados de Michel Temer admitem, em privado, que as revelações contidas na delação premiada do ex-deputado Eduardo Cunha devem agravar ainda mais a situação do presidente no Congresso e ampliar as chances de a Câmara autorizar o Supremo  Tribunal Federal a processá-lo. Seria uma injeção extra de ânimo nos que, na surdina, trabalham para que Rodrigo Maia ascenda ao Planalto. O problema é que o horizonte para Maia é igualmente sombrio: assim como Temer, o atual presidente da Câmara também é citado na delação de Eduardo Cunha – ele aparece, segundo pessoas próximas ao ex-deputado, como intermediário de interesses empresariais na máquina pública e destinatário de recursos de origem ilícita.

Na semana passada, o próprio Cunha, da cadeia em Curitiba, fez questão de mandar o recado para o ex-colega. Por meio de um interlocutor que foi visitá-lo, Cunha pediu que um amigo em comum dissesse a Maia que ele estrelará um dos capítulos de sua delação. “Avisa que ele [Maia] também será lembrado”, pediu Cunha, segundo relatou o interlocutor a VEJA.

Na noite de quarta-feira, enquanto o presidente da Câmara preparava as malas para embarcar na manhã seguinte para uma viagem oficial de dois dias à Argentina, um grupo de advogados escalado por Cunha para auxiliá-lo na negociação da delação dividia a mesa de jantar em Brasília e repassava, um a um, os principais pontos da proposta de colaboração do ex-deputado. Foi durante o encontro que um dos presentes recebeu a incumbência de transmitir o recado. Rodrigo Maia entrou para o caderno de inimigos de Eduardo Cunha durante o processo que resultou na cassação do peedemebista – ele considerou que o colega nada fez para ajudá-lo.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Estranho, onde estão os movimentos de “camisas amarelas”, panelaços e outras $&@##* do tipo? Quando o povo brasileiro não é enganado por um, é enganado por outros. A República dos Bananas continuará a ser mesmo o quintal do mundo, a periferia de sempre.

    Curtir

  2. José Joaquim

    Molusco, Iolanda, Sem Medo, Botafogo, Angorá, Dirceu, Carainho, Padilha – todos farinha podre do mesmo saco. Cadeia neles!

    Curtir

  3. ESAU SILVEIRA MENDES

    Nossa mãe, eu não acredito nisso!!! O presidente da câmara também é corrupto? Não, não… Mil vezes não!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  4. Ronaldo Luis

    Não acredito que o Rodrigo Maia também é corrupto e agora quem vai ser o nosso presidente da República por favor, soltem o marcola alô gilmar Mendes por favor solte o marcola só assim teremos um candidato digno para presidência da República em 2018 e beira mar como vice kkkkkkkk.

    Curtir

  5. Marcio Freitas

    Ainda bem que chutamos a Dilma do poder !! Agora esta aparecendo toda a sujeira , que a imprensa podre escondia !!

    Curtir

  6. Marcio Freitas

    Lula e Dilma na cadeia !! Quero a cabeça dos chefes !!

    Curtir

  7. Eronildes Leite Filho Leite

    Ronaldo Luiz, você esqueceu de pedir o habeas corpus para Fernandinho beira mar, pra a gente ter ao menos dois candidatos menos corruptos que estes que aí estão. Rsrs.

    Curtir

  8. persianasflaci.blogspot.com

    Todos farinha do mesmo saco …

    Curtir

  9. Luciano Neves

    Conclui-se obviamente que não resolverá remover Temer na marra porque seja lá quem o suceder trará as mesmas mazelas que fazem parte da corrupção endêmica que reina do Congresso Nacional e em todos os outros Poderes da República. Neste caso, então, palmas para a Rede Goebells, a atenta e ágil PGR e os sites movidos a 51 e muita grana dedicados a derrubar Temer, “o indiciado que faz”. Lembrando: Temer montou uma equipe econômica impecável que desarmou a armadilha da inflação e do desemprego agudo deixados pela Organização Criminosa PTralha, além de estar revigorando a Petrobrás depois de falida integralmente pela gang petista chefiada por Dilma e sua quadrilha de especialistas, com Mantega e Palocci à frente das “negociações”..

    Curtir

  10. Considerando que a queda do Temer abre os portões para a turma de baixo assumir com todas as mazelas que virão atrás (e bota mazela nisso!) ainda acho que com Temer ficaremos melhor

    Curtir