Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CPI determina a realização de perícia médica em depoente

Jayme Rincón, que preside agência do governo goiano, alega problemas de saúde para não ir à comissão, mas continua trabalhando normalmente

A CPI do Cachoeira determinou a realização de uma perícia médica em um dos depoentes convocados, que tem se recusado a comparecer alegando problemas de saúde mas continua trabalhando normalmente. Jayme Rincón, presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), deveria depor nesta quarta-feira. Pela segunda vez, apresentou um atestado médico para não comparecer.

Acontece que Rincón continua trabalhando normalmente na Agetop. Nesta quinta-feira, por exemplo, ele vai inaugurar uma obra em Aparecida do Rio Doce, a 300 quilômetros de Goiânia. Para falar à CPI, ele teria de se deslocar 200 Km.

O atestado enviado à CPI alega que o presidente da Agetop tem um aneurisma que corre o risco de se romper. O presidente da CPI, Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB) – que é médico – consultou o médico de Rincón, que confirmou os termos do laudo. Ainda assim, Vital decidiu tirar a dúvida. “Estamos convocando o senhor Jayme para uma perícia médica no Sendo, para dirimir quaisquer dúvidas”, afirmou.

O deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), que também é médico, contestou a decisão: disse que uma situação de estresse, como um depoimento à CPI ou a simples realização de um exame como o solicitado por Vital, poderia causar o rompimento do aneurisma. O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, entretanto, manteve a decisão. Jayme Rincón é acusado de usar o cargo para atender interesses da quadrilha de Carlinhos Cachoeira.

A CPI já dispensou nesta quarta-feira a chefe de gabinete do governador Marconi Perillo (PSDB), Eliane Pinheiro. Ela havia conseguido um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal que lhe garantia o direito de permanecer em silêncio e se recusou a falar aos parlamentares. Em seguida, a comissão começou a ouvir o depoimento do jornalista Luiz Carlos Bordoni, que diz ter sido pago pelo grupo de Carlinhos Cachoeira após trabalhar na campanha de Perillo.