Carne Fraca: Justiça bloqueia R$ 1 bilhão de investigados

Maior operação da história da PF investiga esquema de venda de carne adulterada e vencida corrupção de fiscais federais; 46 investigados sofreram bloqueio

A Justiça Federal do Paraná determinou o bloqueio de 1 bilhão de reais em contas e bens de investigados na Operação Carne Fraca, deflagrada na manhã desta sexta-feira, para combater corrupção de agentes públicos federais e crimes contra a saúde pública. Segundo a Polícia Federal, a operação detectou em quase dois anos de investigação que as Superintendências Regionais do Ministério da Agricultura no Paraná, Minas Gerais e Goiás “atuavam diretamente para proteger grupos empresariais em detrimento do interesse público”.

O juiz Marcos Josegrei da Silva, que determinou o bloqueio, disse que as medidas “têm por finalidade primordial assegurar o ressarcimento do dano causado” e evitar “que o autor do delito aufira qualquer tipo de lucro com a sua empreitada criminosa”.

Ao todo são mais de oitenta investigados na fase deflagrada na manhã desta sexta, porém o bloqueio de bens vale para 46 deles. A Carne Fraca é a maior operação da história da PF.

Procurada pelo site de VEJA, a BRF declarou que “está colaborando com as autoridades para o esclarecimento dos fatos. A companhia reitera que cumpre as normas e regulamentos referentes à produção e comercialização de seus produtos, possui rigorosos processos e controles e não compactua com práticas ilícitas”. Já a JBS informou por meio de nota que “adota rigorosos padrões de qualidade, com sistemas, processos e controles que garantem a segurança alimentar e a qualidade de seus produtos.” A companhia destacou, ainda, que possui diversas certificações emitidas por reconhecidas entidades em todo o mundo que comprovam as boas práticas adotadas na fabricação de seus produtos”.

Confira a nota da JBS na íntegra:

“Em relação a operação realizada pela Polícia Federal na manhã de hoje, a JBS esclarece que não há nenhuma medida judicial contra os seus executivos.  A empresa informa ainda que sua sede não foi alvo dessa operação.

A ação deflagrada hoje em diversas empresas localizadas em várias regiões do país, ocorreu também em três unidades produtivas da companhia, sendo duas delas no Paraná e uma em Goiás. Na unidade da Lapa (PR) houve uma medida judicial expedida contra um médico veterinário, funcionário da companhia, cedido ao Ministério da Agricultura.  

A JBS e suas subsidiárias atuam em absoluto cumprimento de todas as normas regulatórias em relação à produção e a comercialização de alimentos no país e no exterior e apoia as ações que visam punir o descumprimento de tais normas.

A JBS no Brasil e no mundo adota rigorosos padrões de qualidade, com sistemas, processos e controles que garantem a segurança alimentar e a qualidade de seus produtos. A companhia destaca ainda que possui diversas certificações emitidas por reconhecidas entidades em todo o mundo que comprovam as boas práticas adotadas na fabricação de seus produtos.  

A companhia repudia veementemente qualquer adoção de práticas relacionadas à adulteração de produtos – seja na produção e/ou  comercialização –  e se mantém à disposição das autoridades com o melhor interesse em contribuir com o esclarecimento dos fatos. 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    ÇóM E N T Emente_$ó?

    Curtir

  2. ANTONIA TERESINHA SABOIA

    E nós comendo e pagando por um produto de “qualidade”, caro para caramba, e aí ficamos sabendo que comíamos cabeça de frango. Nem quando eu era “pobre de marré”, comi cabeça de frango! Nojo desses comerciantes gananciosos. Quantos ISO esses produtos, ou seja, subprodutos têm merecido? E a friboi? kkkkkkkk É o Brasil descendo a ladeira!!!!!!!!! Já não se davam por satisfeito levarem o dinheiro dos hospitais, da educação, da criação de empregos, etc etc etc, nos empurram “lavagem de porco” goela abaixo!

    Curtir

  3. É só revirar um pouco que já vão achar mais podre atrás do podre. Só a PF e os juízes íntegros para nos salvarem do mar de lama. Nunca dantes da história deste país… se viu tanta desfaçatez.

    Curtir

  4. Jurandir marques

    Ou os brasileiros se unam e salvem o Brasil ou será cada um por si só e a baderna vai rolar.

    Curtir

  5. luiz s silvestre

    Onde está meu comentário? Estão censurando o óbvio?

    Curtir

  6. Denis dos Santos Silva

    cadê o Global, para fazer um, churrasco pra galera?

    Curtir

  7. Isso é bobagem qdo chegar no STF sera td liberado.

    Curtir

  8. Ivan Luiz Socorro

    No país de safados, so mais uma safadeza! Brasil país de safados! So mais uma safadeza para a Enciclopédia.

    Curtir

  9. Fabinho Cabelinho

    esses politicos alem de roubar ,quer matar tambem o povo brasileiro ,e ainda querem aprovar uma lei pra votar no partido e não no candidato isso servirar pra deixar os mesmo safado com o foro ,vergonha

    Curtir

  10. Paulo Franco

    Nenhum pais do mundo faz mais novelas que o Brasil. Teatrinho é nossa especialidade. Aí vem mais uma: “o boi da cara preta”.

    Curtir