A nova delação do fim do mundo terá acusações contra 50 deputados

Eduardo Cunha vai entregar ao Ministério Público os bastidores das relações espúrias que manteve com seus ex-colegas parlamentares

No acordo que negocia com a Lava-Jato, o ex-deputado Eduardo Cunha promete contar histórias desabonadoras que envolvem pelo menos meia centena de parlamentares – a maioria ,destinatária de propinas de esquemas montados em estatais e fundos de pensão. Entre os relatos, há também casos de deputados que o procuraram às vésperas de sua cassação, em setembro de 2016, para oferecer o voto em troca de pagamento – um deles pediu 1 milhão de reais para ajudar a livrá-lo no Conselho de Ética.

Tão logo entregue os capítulos da proposta de delação premiada, o que é esperado para esta semana entre os auxiliares de Janot, o ex-deputado será cobrado a apresentar provas do que diz. A negociação, diz um auxiliar do procurador, será dura: “Ele vai ter que apresentar provas. Não basta só falar”. Entre os investigadores, é consenso que Cunha terá de ficar mais um tempo atrás das grades, a exemplo do empreiteiro Marcelo Odebrecht. As chances de ele receber um perdão judicial, como ocorreu com os donos da JBS, são próximas de zero.

Leia esta reportagem na íntegra assinando o site de VEJA ou compre a edição desta semana para iOS e Android.
Aproveite também: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Luiz Carlos Bittencourt

    o mundo já acabou várias vezes e a turma continua leve e solta !!! os “presos” estão presos em casa !!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  2. José Antonio Debon

    A melhor solução para tudo isso é a eleição de 2018. Partido Novo.

    Curtir

  3. Amaury Feitosa

    ué e não dizia que jamais faria a dedação? vá ver saudade da boa comidinha do Tarantela … se for dizer o que até os postes já sabem vai perder tempo e se avacalhar cada vez mais.

    Curtir

  4. Grande coisa. Pode delatar o político que ele quiser porque nada acontece. Todos riem, continuam soltos e com a grana roubada bem escondidinha.

    Curtir

  5. Até o “fim do mundo” ocorre varias vezes no Brazil. Pois haja delações do fim do mundo neh kkk

    Curtir

  6. Nilton Quirolli

    De que adianta tanta delação se pouquíssimos ladroes vão preso e logo são soltos.

    Curtir

  7. Larguem de ser burros, pqp. Que dia que os donos da JBS receberam perdão JUDICIAL? É só ler a porcaria da lei 12.850. “perdão judicial, como ocorreu com os donos da JBS”

    Curtir

  8. CONN Warrior

    Tem que dar Pena de Prisao perpétua logo de cara por tanto dano à Nacao. Caso coopere (denúncia) se reduz a Pena. Esses criminosos sao muito abusados, esperam pela absolvicao do STF e estao certos dela. Veja o caso do Aécio “das Neves”.

    Curtir

  9. Enquanto estiver um STF partidario conivente com a corrupção de seus partidos jamais os políticos corruptos terão a punição que merecem ,e mais continuarão se perpetuando no poder!

    Curtir

  10. Carlos Ernani

    Velhos partidos com os mesmos hábitos estão trocando de nome.

    Curtir