Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A campanha invisível de Dilma

Dez dias após o início da corrida presidencial, a campanha de Dilma Rousseff continua restrita à internet. Ela ainda não participou de atos para pedir votos, não subiu em palanque nem apertou a mão de eleitores. E não vai fazê-lo antes do fim desta semana, após o encontro com os líderes dos Brics e presidentes sulamericanos. Enquanto Aécio Neves e Eduardo Campos começam a rodar o Brasil, o PT ainda não decidiu onde será o primeiro evento de campanha de Dilma. Talvez porque o uso do palanque presidencial permita uma vantagem confortável para ela. (Gabriel Castro, de Brasília)