Zidane: ‘Se eu jogasse com Cristiano, ele seria a estrela’

Treinador do Real Madrid escondeu a escalação para a decisão deste sábado, diante da Juventus, no País de Gales

Em entrevista coletiva antes da decisão da Liga dos Campeões, contra a Juventus, o técnico Zinedine Zidane, do Real Madrid escondeu a escalação de sua equipe, falou sobre favoritismo e elogiou seu goleador Cristiano Ronaldo. Perguntado sobre quem seria o craque em uma equipe com os dois jogando juntos, Zidane foi político. “Ele seria a estrela se jogássemos juntos, porque ele marca gols. Isso é o mais importante: marcar gols e impedir gols.”

“Zizou” também driblou a questão sobre a escalação. “Eu não vou falar quem jogará amanhã. Isco e Bale são dois jogadores que podem até jogarem juntos. Meus jogadores não têm de estar somente prontos mentalmente, mas fisicamente também. Estou interessado nisso, todos em grande forma e alto nível.”

Tanto Zidane quanto o capitão Sergio Ramos disseram que não há favoritismo, apesar do retrospecto do Real Madrid, onze vezes campeão. “Sempre somos favoritos, mas em uma final não há favoritos. Nem nós, nem a Juventus. É 50-50”, afirmou Zidane. “Em qualquer final, os dois times começam do zero. Não acho que o fato de termos vencido na última temporada seja benéfico, é o contrário. Amanhã será um jogo em que cada um terá 50% de chances de vencer ou perder”, completou Sergio Ramos.

O lateral brasileiro Marcelo, que também esteve presente na coletiva, afirmou que o tempo parado após o término do Campeonato Espanhol foi bom para o clube. A Juventus jogou até o último final de semana, pelo Campeonato Italiano. “Acho que essas duas semanas de folga foram muito boas. Lutamos muito no Espanhol e tivemos a chance de relaxar um pouco. Não acho que teremos problema físico contra a Juventus.”