Victor pode desfalcar Atlético-MG por causa da morte do pai

José Bagy, de 75 anos, faleceu nesta madrugada. Jogador pode não entrar em campo contra o Godoy Cruz, pela Libertadores da América, nesta terça-feira

O Atlético-MG confirmou nesta segunda-feira a morte de José Bagy, pai do goleiro Victor. Aos 75 anos, ele vinha enfrentando problemas de saúde nos últimos meses e morreu na última madrugada. A causa do falecimento não foi divulgada pelo clube. O jogador foi liberado dos treinos e, na sequência, viajou para Santo Anastácio, no interior de São Paulo, onde o corpo será velado e sepultado ainda nesta segunda.

A fatalidade pode fazer com que Victor desfalque o Atlético nesta terça-feira, quando a equipe receberá o Godoy Cruz no Independência, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores da América. Os mineiros estão na briga pela primeira colocação do Grupo 6. Caso o jogador fique fora do jogo, Giovanni deverá ser seu substituto.

No último dia 7, Victor se emocionou ao falar do estado de saúde do pai após a conquista do título mineiro, que dedicou a ele. “É uma coisa que eu procurei não externar muito, mas esse título eu dedico ao meu pai, que está há duas semanas internado. Só Deus para me dar força para entrar em campo para poder fazer o meu melhor. Esse título vai para o meu pai, por todo o sofrimento que venho passando, e minha família também”, afirmou na época.

(Com Estadão Conteúdo)