Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Treze anos depois, Fàbregas confessa: atirou pizza em Ferguson

Fato inusitado ocorreu em briga nos vestiários de Old Trafford após vitória do United sobre o Arsenal. Espanhol tinha 17 anos - e jura não ter tido intenção

Treze anos depois de um dos clássicos mais quentes da história entre Manchester United e Arsenal um mistério ainda rondava aquela partida: qual jogador do clube londrino atirou um pedaço de pizza no rosto do técnico adversário Alex Ferguson após uma briga na porta dos vestiários? Na noite desta terça-feira, o meia espanhol Cesc Fàbregas, hoje no Chelsea, confessou: foi ele, então uma revelação de 17 anos do Arsenal, o responsável pelo que se chamou na Inglaterra de “A Batalha do Bufê.”

A partida, vencida por 2 a 0 pelo Manchester United em 24 de outubro de 2004, encerrou uma invencibilidade de 49 partidas da equipe de Londres e entrou para a história do futebol inglês. O protagonista em Old Trafford foi Ruud Van Nistelrooy: na temporada anterior, o holandês teve a chance de tirar o título invicto do Arsenal, mas errou um pênalti (cavado por ele próprio) e foi provocado pelos jogadores do Arsenal após o erro. No reencontro, o holandês conseguiu se vingar, ao marcar um gol, justamente em penalidade. Wayne Rooney fez o outro, decretando a vitória do United sobre o Arsenal, que então contava com Edu Gaspar, atual diretor da seleção brasileira. Confira lances do jogo no YouTube.

O principal acontecimento, porém, ocorreu após o jogo no túnel de acesso aos vestiários. Jogadores das duas equipes discutiram e trocaram agressões quando um pedaço de pizza acertou o rosto de Sir Alex Ferguson, o lendário treinador escocês que dirigiu o United por 26 anos. Em entrevista ao programa A League of Their Own, da emissora Sky, Fàbregas esclareceu o ocorrido. Primeiro, entrou na brincadeira e, com um berro de “yes!”, confessou o “crime”:

Depois, se explicou. “De repente, comecei a ouvir o barulho e pensei: o que está acontecendo? Então sai do vestiário com meu pedaço de pizza e vi Sol Campbell, Rio Ferdinand, Martin Keown, todos se empurrando. Eu queria participar, mas não sabia como e aí eu simplesmente atirei a pizza”, disse, rindo. Ele garante não ter mirado no experiente técnico. “Peço desculpas a Sir Alex, eu realmente não tive a intenção.”

Há alguns anos, já circulava o rumor de que teria sido Fàbregas o culpado. Martin Keown, então zagueiro do Arsenal, deu uma pista clara em 2014: “Pelo que sei, foi um espanhol de ótima técnica. Aliás, mesmo quando o assunto é pizza, ele demonstrou grande técnica. Atirou o pedaço como um frisbie.” Nesta terça, Fàbergas rebateu a piada. “Keown é um mentiroso, eu o vi bem na minha frente dando socos, ele estava de costas e nem viu como eu lancei a pizza”, brincou.