Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torcida do Cruzeiro protesta na reapresentação do elenco

Técnico Mano Menezes e presidente do clube mineiro são principais alvos dos torcedores insatisfeitos

Após dois dias de folga, o elenco do Cruzeiro se reapresentou na manhã desta quarta-feira na Toca da Raposa II sob pressão de membros de diversas torcidas organizadas do clube, que foram até a entrada do centro de treinamentos e cobraram os jogadores pela fase irregular da equipe. O treinador Mano Menezes e o presidente do clube, Gilvan de Pinho Tavares, foram os principais alvos, assim como alguns jogadores.

Torcedores cercaram carros e deram socos em alguns veículos, como os do zagueiro Dedé e do meia uruguaio De Arrascaeta. Mas os cânticos das cobranças se concentraram mais em três nomes: o zagueiro equatoriano Caicedo, o técnico Mano Menezes e o presidente Gilvan de Pinho Tavares, pedindo a saída do trio. Além disso, cobraram a conquista da Copa do Brasil, único torneio que o clube disputa além do Campeonato Brasileiro – do qual é o 13º colocado, com 14 pontos.

Esse foi o segundo protesto de torcedores cruzeirenses nos últimos dias. Na segunda-feira eles foram até a sede administrativa do clube e criticaram o trabalho da diretoria. Dessa vez, protestaram na volta do elenco aos treinamentos, pressionando os jogadores.

Os protestos vieram após derrota do Cruzeiro para o Atlético-MG por 3 a 1, em clássico válido pelo Campeonato Brasileiro, no último domingo, que deixou o time apenas três pontos acima da zona de rebaixamento. A eliminação na primeira fase da Copa Sul-Americana, ao cair para o Nacional do Paraguai, e o vice-campeonato mineiro, perdendo a decisão para o Atlético-MG, também pesam para a insatisfação dos torcedores.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Futebol, cerveja, analfabetismo e vandalismo com muita corrupção. Estudar que é bom e educar os filhos nada, cachaça e violência e futebol.

    Curtir