Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torcedores do Napoli preparam recepção para o ‘traidor’ Higuaín

Atacante argentino da Juventus deverá encontrar faixas e até papel higiênico com seu rosto ao voltar a Nápoles neste domingo

Se depender da torcida do Napoli, não será nada tranquilo o retorno de Gonzalo Higuaín ao estádio San Paolo. O atacante argentino, que deixou a equipe para defender justamente a maior rival Juventus por 90 milhões de euros (304 milhões de reais pela cotação atual) no início da temporada, ficou com fama de “traidor”, e deverá ser recebido com hostilidade pelos napolitanos.

O reencontro em Nápoles está marcado para este domingo, 2 de abril, às 15h45 (horário de Brasília). Nas ruas da cidade, já são comercializadas faixas com xingamentos à Juventus e rolos de papel higiênico com o rosto do atacante estampado. O jornal napolitano Il Mattino publicou frases como “ele prefere o dinheiro ao nosso amor”, e “inimigo número 1 do Napoli” em suas principais capas.

“Não sei que tipo de recepção ele terá. Normalmente, os torcedores do Napoli são generosos. Alguns momentos de raiva aconteceram devido à sensação de traição que sentiram. Sempre houve afeto, já que Higuaín fez história no clube, nos deu muita satisfação, e a torcida deve reconhecê-lo por isso”, disse Maurizio Sarri, treinador do Napoli.

Na época da transferência para a Juventus, o dono do Napoli, Aurelio Del Laurentiis, disse que se sentiu de fato traído pelo argentino. “Tem gente que acha que falar em traição é exagerado, mas eu acho o contrário. Há uma traição em sua máxima expressão na escolha e pela ingratidão apresentada”, afirmou ao diário esportivo Corriere dello Sport.

Até mesmo Diego Armando Maradona, maior ídolo da história do clube, criticou o compatriota na época. No jogo de ida, em Turim, Higuaín marcou na vitória da Juventus por 2 a 1, mas não celebrou seu gol contra a ex-equipe.