Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tite explica ausência do goleiro Vanderlei: ‘Não exijo milagres’

Destaque do Brasileirão, goleiro do Santos foi novamente preterido pelo treinador da seleção. Os convocados foram Alisson, Cássio e Éderson

A expectativa que existia em torno da possível convocação de Vanderlei, do Santosnão se concretizou nesta sexta-feira: o técnico Tite voltou a chamar Alisson, Cássio e Ederson para a seleção brasileira. Indagado sobre a ausência do goleiro do santista, tratado por um jornalista como protagonista de “milagres”, o treinador gaúcho demonstrou certo incômodo, mas disse respeitar as preferências de outras pessoas.

“O técnico é um ser-humano e não exige milagre de outro ser-humano. Exige performance e tem a humildade de entender que existem outras pessoas com conceitos diferentes do dele. Respeito todos os profissionais e gostaria de convocar mais gente, mas não uso esses adjetivos, não exijo milagres de ninguém.”

Em entrevista coletiva na sede da CBF, no Rio de Janeiro, Tite exaltou a atual safra de goleiros do Brasil, explicou os critérios utilizados para convocação e disse não ter fechado os três nomes para a posição.

“Tem uma avaliação técnica que acompanha todos em seus treinamentos, jogos no local. Não dá para ser bonzinho com todo mundo. Já aconteceu de repetir os goleiros, estamos com uns sete goleiros, a nossa safra é muito boa. Os três convocados estão bem, acompanhei o clássico, os dois goleiros (Vanderlei e Cássio) jogaram muito. O Alisson, contra o Atlético de Madri, fez a diferença, fechou o gol. O Ederson dando uma sequência…”

“O Diego (Alves), infelizmente, pelo fato de não poder jogar a Copa do Brasil (pelo Flamengo) fica prejudicado. O Fábio (Cruzeiro) está em alto nível, fazendo diferença. Estamos acompanhando”, concluiu.

Já classificado para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o Brasil já tem o primeiro lugar das Eliminatórias Sul-Americanas garantido, com 37 pontos ganhos em 16 partidas. A Seleção encerra sua participação no torneio contra Bolívia, em La Paz, e Chile, no Palestra Itália, nos dias 5 e 10 de outubro, respectivamente.

(Com Gazeta Press)