Tite desaprova piadas sobre Presidência: ‘Não brinquem com isso’

Treinador não quis comentar sobre situação política do país e disse achar o assunto muito sério para brincadeiras com seu nome

Em entrevista coletiva após anunciar os 24 convocados para os amistosos da seleção brasileira diante de Argentina e Austrália em junho, o treinador Tite foi perguntando sobre a atual situação política do Brasil e sobre os pedidos para que ele assume a Presidência do país. Tite se negou a falar sobre o assunto e apenas pediu que seu nome não seja envolvido em questões políticas.

“É uma brincadeira com algo muito sério, que eu não tenho o mínimo de condição de brincar, porque é uma responsabilidade muito grande. Vejo como brincadeira, mas peço que não brinquem mais com esse negócio. Não falo por falsa modéstia. Isso não cabe, uma coisa tão séria”.

Veja também

As montagens de Tite com a faixa presidencial e se espalharam pelas redes sociais após o vazamento do áudio da conversa entre o dono do grupo JBS, Joesley Batista, e o presidente Michel Temer.