Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico do Chile promete: vai pressionar e atacar o Brasil

Chile precisa vencer o Brasil para não depender de outros resultados

O técnico da seleção do Chile, Juan Antonio Pizzi, trata o jogo desta terça-feira contra o Brasil, pelas Eliminatórias, como o mais decisivo em seus dois anos de trabalho à frente da equipe. Em São Paulo, local da partida, o argentino prometeu atacar a seleção brasileira para garantir a classificação à Copa do Mundo.

Em sete partidas em território brasileiro entre as duas seleções pelas Eliminatórias, foram sete derrotas chilenas. O treinador disse não se importar com o retrospecto e garantiu que os jogadores estão preparados para jogar de igual para igual. Pizzi relembrou que, apesar do histórico não ser favorável, nas partidas oficiais recentes o Chile deu muito trabalho ao Brasil. Uma vitória por 2 a 0 em Santiago, em outubro de 2015, pelas Eliminatórias, e um empate por 1 a 1, no Mineirão, pelas oitavas de final da última Copa do Mundo, em 2014. “Temos uma forma definida de jogar e tratamos de impor isso em todos os jogos, qualquer que seja o adversário. A melhor forma de ter bom rendimento é indo à frente e pressionando”, disse.

Pizzi conduziu o Chile à finais da Copa América Centenário (venceu a Argentina) e da Copa das Confederações (perdeu para a Alemanha). Agora, com desempenho ruim nas Eliminatórias, tem de vencer o Brasil para não depender de outros resultados para ir à Copa. “Esse jogo é como uma terceira final para nós”, disse Pizzi.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Vai pressionar e levar um vareio de gols kkkkk

    Curtir