Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem vaga na Copa, técnico dos Estados Unidos pede demissão

Bruce Arena lamentou não classificar a seleção dos EUA, após derrota para Trinidad e Tobago

Sem conseguir levar a seleção dos Estados Unidos à Copa do Mundo, o técnico Bruce Arena pediu demissão nesta sexta-feira, após pouco menos de um ano em sua segunda passagem pela equipe americana. Ele assumiu o time em novembro do ano passado, no lugar de Jürgen Klinsmann, demitido em razão da fraca campanha da seleção no início das Eliminatórias.

“Quando eu comecei o trabalho, sabia que seria um grande desafio, provavelmente mais do que a maioria das pessoas pensava. Todos os envolvidos deram o máximo que puderam nestes últimos 11 meses e, no final, não foi o suficiente. Não há desculpas. Não completamos a missão e eu assumo a responsabilidade”, declarou o treinador.

O time americano não ficava fora de um Mundial desde 1986. Um empate diante da modesta equipe de Trinidad e Tobago garantia vaga ao menos na repescagem – que ficou com Honduras -, mas os EUA perderam por 2 a 1.

Apesar do revés, o técnico disse ver evolução na modalidade nos EUA. “É importante reconhecer o tremendo crescimento e as conquistas que foram obtidas nas últimas duas décadas em todas as áreas, incluindo o desenvolvimento dos jogadores, a formação de treinadores e o estabelecimento de uma liga nacional”, enumerou Arena, que já havia treinado a equipe entre 1998 e 2006. A Federação de Futebol dos Estados Unidos ainda não definiu substituto.

(com Estadão Conteúdo)