Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem revelar futuro, Luan alfineta Grêmio: ‘Não ouviram meu lado’

Jogador diz que não foi procurado pelo clube para falar da possível transferência para o Spartak, e manda recado para o presidente Romildo Bolzan

Luan prometeu falar sobre sua possível saída do Grêmio nesta quinta-feira, e cumpriu. Pelo menos, em partes. O jogador concedeu entrevista coletiva no CT Luiz Carvalho e ouviu diversas perguntas sobre a proposta do Spartak, da Rússia, mas manteve-se evasivo e rejeitou dar qualquer posicionamento mais certeiro.

“Temos que sentar e conversar, para depois eu dar uma resposta. Não quero falar nada sobre isso antes de as coisas estarem resolvidas. Mas meu pensamento é o Grêmio, só quero estar aqui. Estou bastante feliz, acabei de realizar o sonho de ser convocado (para a seleção brasileira). Então, quero viver este momento e aproveitar minha fase”, disse.

A transferência de Luan para o Spartak por cerca de 24 milhões de euros (cerca de 89,3 milhões de reais) estaria encaminhada e até a diretoria do Grêmio admitiu a proximidade do acerto. Mas o atacante garantiu que não foi procurado por representantes dos clubes para discutir a negociação.

“O Grêmio não me procurou para falar sobre isso. Então, na minha cabeça não tem nada, estou totalmente focado. Ninguém do Grêmio me procurou para perguntar. Disseram que estavam acertados os clubes, só que eles que se acertaram. Ninguém ouviu meu lado”, falou o jogador, que se mostrou irritado com a situação.

Com seu estilo tranquilo, Luan preferiu não polemizar, mas deixou clara a insatisfação com a entrevista dada pelo presidente Romildo Bolzan, na última terça-feira. À Rádio Gaúcha, o dirigente disse que o Grêmio teve os pedidos atendidos e estava “apenas concluindo pequenos detalhes, como prazos e garantias bancárias” para selar a ida do atacante ao Spartak.

Mesmo que em tom de brincadeira, o jogador reprovou a atitude de Romildo.

“O presidente deu uma entrevista meio que já se despedindo, e eu pensei: ‘Pô, já quer me tirar do Grêmio, contra a minha vontade?’. Mas é tranquilo isso aí, vou evitar um pouquinho falar disso.”

(Com Estadão Conteúdo)