Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Real Madrid é eliminado da Copa do Rei por escalação de Cheryshev

Russo foi suspenso ainda no Villarreal e time de Madri deixou passar

O Real Madrid foi excluído da Copa do Rei devido à escalação do meia Denis Cheryshev na primeira partida da competição contra o Cádiz, na quarta-feira (2). Cheryshev foi suspenso por três cartões amarelos na competição quando ainda vestia a camisa do Villarreal na última temporada e não cumpriu a suspensão no ex-clube. O Real não se atentou a isso e colocou o reforço em campo. 

O Comitê de Competição foi irredutível com a defesa do Real e eliminou o clube, de forma que o Cádiz, autor da denúncia, avançará automaticamente para a próxima fase do torneio. A necessidade da eliminação ficou ainda mais patente pela atuação de Cheryshev no jogo: foi dele o primeiro gol da partida. 

O presidente do clube madrilenho, Florentino Pérez, afirmou que poderia ir aos tribunais pelo direito do clube de disputar a competição, alegando que não recebeu nenhuma notificação da federação espanhola sobra a impossibilidade do russo jogar. “Não recebemos nada, nenhum aviso, nada da Federação Espanhola. Vamos recorrer no Comitê e, eventualmente, à corte. Se o jogador não é notificado da sanção, como atesta o artigo 41, então a sanção não tem efeito”, disse.

O treinador Rafa Benítez alegou que o time agiu de boa-fé ao escalar Cheryshev. Não é a primeira vez que o técnico espanhol faz parte de uma polêmica do tipo. Em 2001, treinando o Valencia, viu o clube ser eliminado após usar mais jogadores não-comunitários (de fora da Europa) do que o permitido.