Por segurança, final da Liga dos Campeões terá estádio coberto

Teto retrátil do Millenium Stadium, em Cardiff, será usado para evitar ataques terroristas na decisão entre Real Madrid e Juventus, em 3 de junho

Pela primeira vez na história da Liga dos Campeões, o estádio da final do torneio terá o teto retrátil fechado, por motivos de segurança. O anúncio foi feito pela Federação do País de Gales, que anunciou novas medidas para evitar violência ou ataques terroristas na partida mais importante da temporada europeia, entre Real Madrid e Juventus, em 3 de junho.

A Uefa decidiu cobrir o Millenium Stadium para evitar que drones explosivos possam invadir o estádio. O reconhecimento do gramado, um dia antes, também será com o gramado fechado.

De acordo com reportagem do jornal Marca, 170.000 torcedores sem ingressos devem ir a Cardiff, local da decisão entre Real Madrid e Juventus. Haverá um cordão de segurança em dois quilômetros ao redor do estádio. As torcidas dos clubes também se concentrarão em lugares distintos.

Dentro do estádio, câmeras com reconhecimento facial serão distribuídas pelo estádio, que terá 15.000 seguranças. Barreiras antiterroristas também serão montadas nas ruas ao redor do estádio, para evitar fatos semelhantes ao de Nice, na França.