Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por onde anda o time do Cruzeiro campeão da Libertadores em 1997

Há 20 anos, o Cruzeiro ganhava por 1 a 0 o segundo jogo do Sporting Cristal do Peru no Mineirão

Neste domingo, o Cruzeiro enfrenta o São Paulo no estádio Morumbi pela vigésima rodada do Campeonato Brasileiro.  Vinte anos antes, no dia 13 de agosto de 1997, uma quarta-feira, o Cruzeiro ganhava por 1 a 0 no segundo jogo da final do Sporting Cristal do Peru no estádio Mineirão em Belo Horizonte com gol do atacante Elivélton e conquistava pela segunda vez a Copa Libertadores.
Saiba por onde anda o time titular do Cruzeiro que ganhou do Sporting Cristal em 1997:

Dida: Vindo do Vitória da Bahia, o ex-goleiro Dida depois que jogou no Cruzeiro, passou por Corinthians, Milan-ITA, Portuguesa, Grêmio e Internacional onde encerrou a carreira em 2015. Foi goleiro titular do Brasil na Copa do Mundo de 2006 na Alemanha e era o segundo goleiro no pentacampeonato do Brasil em 2002. Atualmente está com 43 anos.

Cruzeiro campeão da Libertadores em 1997

Vítor: Vindo do Corinthians e depois envolvido na troca de 5 jogadores por 2 com o São Paulo, o lateral-direito Vítor já campeão da Libertadores pelo São Paulo, ganhou a sua segunda Libertadores pelo Cruzeiro e no ano seguinte no Vasco ganharia a sua terceira Libertadores. Jogou depois no Botafogo, Kocaelispor da Turquia, Ceará e times do interior paulista como Mogi Mirim e Inter de Limeira. Parou de jogar em 2009 no Guaçuano de Mogi Guaçu e hoje em dia está trabalhando com projetos sociais voltados a crianças carentes na cidade de Artur Nogueira no interior de São Paulo. Atualmente está com 44 anos.

Gélson Baresi: Vindo do Flamengo, o zagueiro Gélson Baresi além de ter ganho a Libertadores da América ganhou a Copa do Brasil com o time cruzeirense. Depois passou por Coritiba, Fluminense, Atlético-MG, Paraná, Marília, Ceará, Vitória de Setúbal de Portugal e encerrou a carreira em 2006 no CFZ do Rio. Atualmente está com 43 anos.

Wilson Gottardo: Ex-jogador de Botafogo e Flamengo, o zagueiro Wilson Gottardo era o capitão do time naquele campeonato e depois do Cruzeiro passaria a jogar no Sport em 1999 onde encerrou a carreira. Virou treinador em 2011. Atualmente está com 54 anos.

Nonato: Ex-jogador de Baraúnas e ABC, o lateral-esquerdo Nonato foi titular do Cruzeiro por 7 anos onde ganhou 14 títulos entre conquistas regionais, nacionais e internacionais. Depois jogaria por Fluminense, Etti Jundiaí (atual Paulista), Vila Nova-GO, Ipatinga e América de Natal onde encerrou a carreira em 2002. Atualmente está com 50 anos.

Fabinho: Ex-jogador do Flamengo, o volante Fabinho além de ganhar a Libertadores da América ganharia a Copa do Brasil e dois estaduais pelo Cruzeiro. Depois jogaria no Grêmio e no Fluminense onde encerrou a carreira em 2002. Atualmente está com 47 anos.

Ricardinho: O volante Ricardinho em duas passagens pelo Cruzeiro fez mais de 400 partidas e conseguiu 15 títulos entre conquistas regionais, nacionais e internacionais. Depois de passar pelo Cruzeiro jogaria  no futebol japonês pelo Kashiwa Reysol e pelo Kashima Antlers e em 2007 encerraria a carreira pelo Corinthians. Atualmente está com 41 anos.

Cruzeiro campeão da Libertadores em 1997

Da Silva: O atacante Da Silva, depois de passar pelo Cruzeiro jogaria por Portuguesa, Coritiba, Goiás, Juventude, Sport, Criciúma e Villa Nova de Nova Lima onde encerrou a carreira em 2012 no Brasil além de ter jogado no futebol da Rússia, Coreia do Sul e no Catar. Atualmente está com 41 anos.

Donizete Oliveira: O meia Donizete Oliveira depois de ter jogado no Fluminense, no Grêmio, Bragantino e São Paulo (veio pro Cruzeiro naquela famosa troca 5 por 2 envolvendo os dois clubes), chegaria no Cruzeiro para ganhar a Libertadores da América e depois jogaria também no Vitória da Bahia, no Urawa Red Diamonds do Japão e encerrou a carreira em 2001 no Vasco. Atualmente está com 49 anos.

Palhinha: Ex-atacante campeão da Libertadores da América pelo São Paulo em 1992 e 1993, Palhinha chegava no Cruzeiro vindo do São Paulo junto com os jogadores Gilmar, Vítor, Donizete Oliveira e Aílton enquanto que o São Paulo ficava com Belletti e Serginho. Depois de ganhar a sua terceira Libertadores da carreira em 1997 no Cruzeiro, jogaria no futebol espanhol, peruano e nos Emirados Árabes Unidos além de jogar em clubes como Flamengo, Grêmio, América-MG onde foi revelado e encerrou a carreira em 2006 pelo Guarulhos. Em 2007 virou treinador e atualmente é o presidente do Boston City Football Club dos Estados Unidos. Atualmente está com 49 anos.

Marcelo Ramos: Ex-jogador do Bahia, o atacante Marcelo Ramos em 3 passagens pelo Cruzeiro fez 162 gols e é o quinto maior artilheiro da história do clube. Depois jogou em vários clubes importantes do Brasil como São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Santa Cruz, Atlético-PR. Passou também pelo futebol japonês e também no Atlético Nacional de Medellín da Colômbia. Encerrou a carreira em 2011 pelo Itumbiara de Goiás. Em 2016, foi candidato a vereador em Salvador mas não foi eleito. Atualmente está com 44 anos.

Elivélton: O atacante Elivélton depois de ter feito gol na final do campeonato paulista jogando pelo Corinthians em 1995, passou em 1996 pelo Palmeiras e antes de jogar no Corinthians era o ponta-esquerda do São Paulo campeão da Libertadores da América em 1992 e 1993. Lembrado até hoje por ter feito o gol do título do Cruzeiro contra o Sporting Cristal do Peru ganhando sua terceira Libertadores, virou um cigano do futebol passando por vários times até encerrar a carreira pelo Mixto de Cuiabá em 2010. Atualmente está com 46 anos.

Paulo Autuori: O técnico daquela equipe era Paulo Autuori, que veio pro Cruzeiro no lugar de Oscar Bernardi. Paulo tinha ganho o Campeonato Brasileiro de 1995 pelo Botafogo e antes disso fez carreira no futebol português. Depois do Cruzeiro, treinaria entre outros times Flamengo, Botafogo, Internacional, Santos, Grêmio, Vasco, Atlético-MG, São Paulo (onde ganharia a sua segunda Libertadores em 2005), treinou no Peru incluindo o Sporting Cristal em 2002, Kashima Antlers e Cerezo Osaka do Japão e Al-Rayyan do Catar além das seleções do Peru e do Catar. Treinou o Atlético-PR em 2016 e virou nesse ano gerente de futebol do clube até pedir demissão no mês passado. Atualmente está com 60 anos.