Após ter carro apedrejado, Coutinho diz manter foco no Liverpool

Brasileiro não comentou sobre os rumores de transferência para o Barcelona

Philippe Coutinho usou as redes sociais para comentar brevemente sobre o ataque a seu carro, ocorrido na noite de terça-feira, no estádio do Liverpool. O meia brasileiro não negou a possibilidade de se transferir ao Barcelona, fato que teria causado a fúria do torcedor que apedrejou seu Porsche, mas disse que segue focado em ajudar o clube inglês a conquistar uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

“Apesar do que aconteceu ontem com a janela do meu carro, ainda com a mesma alegria e foco para o grande jogo que temos domingo”, disse, se referindo à partida fora de casa contra o West Ham. O Liverpool ocupa a terceira colocação do Campeonato Inglês, com Manchester United e Arsenal na perseguição – apenas os quatro primeiros se classificam para a principal competição europeia. 

Na manhã de terça-feira, o jornal espanhol Sport informou que Coutinho já estaria acertado com o Barcelona. Horas depois, o brasileiro teve a janela de seu Porsche Macan, avaliado em mais de 60.000 libras (cerca de 250.000 reais), quebrado com uma quebrada, como mostram imagens do tabloide Daily Mail.

Coutinho jamais admitiu publicamente o interesse de jogar no Barcelona, mas, segundo a imprensa catalã, o meia de 24 anos recusou uma oferta do Paris Saint-Germain e quer mesmo ir para a Catalunha, pois tem o objetivo de conquistar títulos importantes na carreira, o que não conseguiu durante os quatro anos no Liverpool.

Ainda segundo o Sport, o meia da seleção brasileira estaria disposto a pressionar a diretoria do Liverpool por sua saída. Nesta quarta-feira, técnico do time, o alemão Jürgen Klopp, lembrou que Coutinho tem contrato até 2022 e negou que o Liverpool tenha interesse em vendê-lo.