Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O fim do incrível trio MSN

Jogando juntos, Messi, Suárez e Neymar marcaram 228 gols pelo Barcelona. Nesta quarta, brasileiro deixou o clube rumo ao PSG

A decisão de Neymar de trocar o Barcelona pelo Paris Saint Germain põe fim a um dos maiores trios de ataque da história do futebol. O MSN, formado por Lionel Messi, Luis Suárez e Neymar desde 2014 já é história: em três anos, o argentino, o uruguaio e o brasileiro conquistaram todos os títulos possíveis e brindaram o Camp Nou com belas jogadas, gols e muita sintonia, que extrapolava o terreno profissional. Messi e Suárez seguirão idolatrados e em busca de um novo parceiro, enquanto Neymar já é tratado por muitos torcedores como “traidor, mercenário e novo Figo”.

Segundo dados do jornalista espanhol MisterChip, especializado em estatísticas do futebol, o trio MSN atuou junto em 110 partidas, com 84 vitórias (76% de aproveitamento), 228 gols marcados (1 a cada 39 minutos) e 124 assistências entre eles. Os números se referem a momentos em que os três estavam em campo simultaneamente.

Nas últimas três temporadas, os três, somados, marcaram 354 gols, segundo dados do diário Sport: na temporada 2014/2015, quando conquistaram a “Tríplice Coroa” (Liga dos Campeões, Copa do Rei e liga espanhola), foram 122 gols (35 de Messi, 42 de Luis Suárez e 43 de Neymar; na 2015/2016 foram 131 gols (59 de Suárez, 41 de Messi e 31 de Neymar) e, na última temporada, foram 101 gols (51 de Messi, 34 de Suárez e 16 de Neymar). Muitos deles saíram em momentos em que um ou dois deles não estavam em campo.

Os três eram também muito amigos fora de campo. Messi e Suárez teriam, inclusive, tentado convencer o brasileiro a permanecer no Barcelona, mas a proposta do PSG acabou sendo irrecusável para o brasileiro, que agora atuará com outro uruguaio, Edinson Cavani, e outro argentino, Ángel di María, no clube francês.