Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar pode se igualar a Romário na artilharia da seleção

Com jogos contra Bolívia e Chile pela frente, atacante precisa de apenas três gols para alcançar o terceiro maior goleador da equipe nacional

A partida da seleção brasileira contra a Bolívia, nesta quinta-feira, em La Paz, pode ter um sabor especial para Neymar. O camisa 10 completará 80 jogos pela equipe e está muito próximo de se igualar a Romário como o terceiro maior artilheiro da história da única seleção pentacampeã mundial.

Em 79 partidas disputadas com a seleção brasileira adulta, Neymar marcou 52 gols, três a menos que Romário. O aproveitamento do atacante do Paris Saint-Germain também é invejável: 56 vitórias, 15 empates e oito derrotas.

Levando em conta apenas jogos oficiais, a lista dos cinco maiores artilheiros da seleção brasileira está assim: Pelé (77 gols), Ronaldo (62), Romário (55), Neymar (52) e Zico (48). Contando amistosos e jogos não oficiais, a liderança de Pelé sobe para 95 gols.

Embora o duelo contra a Bolívia, fora de casa, seja marcado pelo receio dos efeitos da altitude, o retrospecto de Neymar contra o adversário é animador. O craque brasileiro enfrentou os bolivianos três vezes, vencendo em todas as ocasiões, com três gols marcados e outras duas assistências.

Brasil e Bolívia se enfrentam nesta quinta-feira, ás 17h (de Brasília), no estádio Hernando Siles, a 3600m do nível do mar, em La Paz. Depois, no próximo dia 10, a seleção volta a atuar em casa, desta vez contra o Chile, no Allianz Parque, em São Paulo, às 20h30, em partida que encerra a participação canarinho nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo.

(com Gazeta Press)