Malcom, Richarlison e Jonas brilham na rodada do futebol europeu

Atacantes brasileiros balançaram as redes no fim de semana

Neymar, do Paris Saint-Germain, não foi o único brasileiro a brilhar na rodada dos campeonatos europeus no fim de semana. Dois jovens jogadores, Malcom (ex-atacante do Corinthians e hoje no Bordeaux) e Richarlison (que trocou o Fluminense pelo Watford em 2017) balançaram as redes e receberam elogios da imprensa local, assim como o experiente Jonas, que atingiu uma marca importante pelo Benfica.

Malcom, de 20 anos, marcou duas vezes no empate em 3 a 3 do Bordeaux contra o Lyon, no sábado, um deles com um belo chute de fora da área. O Bordeaux é o sexto colocado da liga francesa, com cinco pontos, quatro a menos que o líder PSG.

O jogador campeão brasileiro pelo Corinthians em 2015 está desde o ano passado no clube francês e, bem adaptado a Bordeaux, já dá entrevistas em francês com desenvoltura. Jornais europeus informam que grandes clubes do continente, como Barcelona e Borussia Dortmund, já monitoram Malcom.

Outra revelação brasileira de 20 anos, o atacante Richarlison (revelado pelo América-MG e destaque do Fluminense no primeiro turno do Brasileirão 2017) começou muito bem a sua trajetória na Inglaterra. No sábado, em seu primeiro jogo como titular do Watford, ele marcou seu primeiro gol na Premier League na vitória por 2 a 0, fora de casa, sobre o Bournemouth.

Além do gol de oportunismo, Richarlison foi elogiado pela imprensa inglesa por sua velocidade e força para brigar contra a defesa do Bournemouth. Seu técnico, o português Marco Silva, pediu calma. “Ele é um jogador jovem, são seus primeiros momentos na Europa, ele ainda não fala uma palavra em inglês. É o momento de ter calma com ele. Claro que estou feliz, mas não é uma surpresa para mim”, disse Silva após a partida.

Bem mais experiente, Jonas, de 33 anos, vem marcando cada vez mais o seu nome na história do Benfica. O jogador com passagens por Guarani, Santos, Grêmio, Portuguesa e seleção brasileira marcou três vezes e deu uma assistência na vitória por 5 a 0 sobre o Belenenses, no sábado. Jonas chegou, assim, a 90 gols pelo Benfica e se tornou o segundo gol maior artilheiro da história do clube português, atrás apenas do paraguaio Óscar Cardozo, que fez 172 gols.