Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jorginho escala sua seleção ideal com craques do presente e do passado

Ídolo do Palmeiras nos anos 80 e vencedor de três Bolas de Prata (1979, 1983 e 1986), o ex-camisa 7 escala a si mesmo no time de sua geração

ESQUEMA 4-3-3

Goleiro

LEÃO – Brasil

“Além de ser bom goleiro, tinha postura de leão mesmo – sempre brigou pelo grupo.”

Lateral-direito

LEANDRO – Brasil

“Não marcava tão bem como atacava, é verdade, mas saía muito bem para o jogo.”

Zagueiro

MÁRCIO ROSSINI – Brasil

“Zagueirão que comandava a área, botava respeito. Bola aérea, então, era tudo dele.”

Zagueiro

MAURO GALVÃO – Brasil

“Joguei com ele na seleção de base. Posicionava-se bem e era bastante tranquilo.”

Lateral-esquerdo

JÚNIOR – Brasil

“Difícil, porque jogava em várias posições. Mas se destacou mais na lateral.”

Volante

PIRES – Brasil

“Era um volante que fazia bem a função de cobrir os laterais e passava bem.”

Meia

ZICO – Brasil

“Quando fui para a seleção, ele era titular, e eu, banco. Excepcional perto da área.”

Meia

PEDRO ROCHA – Uruguai

“Era fã dele. Muito habilidoso, tinha bom passe, um estilo muito bonito de jogo.”

Atacante

JORGINHO – Brasil (Ele mesmo)

“Posso colocar eu mesmo? Quero jogar, né? Só craque, é meu time dos sonhos.”

Atacante

CARECA – Brasil

“Sempre teve presença de área, jogava fácil. Inteligente, tinha visão de jogo.”

Atacante

ZÉ SÉRGIO – Brasil

“Pelo drible, a arrancada, a velocidade. Não era muito de gol, mas deitava e rolava.”