Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gatito pega pênalti e garante vitória do Botafogo sobre o Grêmio

Goleiro paraguaio que defende o alvinegro carioca garantiu os três pontos no Engenhão

Em um jogo marcado pela movimentação intensa dos jogadores – muitos considerados reservas em ambas as equipes -, o Botafogo venceu o Grêmio por 1 a 0 neste domingo, no estádio do Engenhão, no Rio, em jogo válido pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os goleiros foram destaque no confronto, especialmente o paraguaio Gatito Fernández, que defendeu um pênalti e garantiu o triunfo do clube carioca pelo placar mínimo.

Com a vitória (a primeira após cinco rodadas), o Botafogo chegou aos 28 pontos e encostou no G6, grupo dos clubes que garantem vaga na próxima Copa Libertadores – o primeiro da lista é o Atlético Paranaense, com 29. Para o Grêmio, a derrota frustra o objetivo de alcançar o líder Corinthians na tabela de classificação. Mantendo-se com 39 pontos, a equipe tricolor gaúcha segue 8 atrás do time paulista, que se beneficiou do resultado mesmo sem ter entrado em campo neste fim de semana.

Pensando na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, diante do Cruzeiro, em Porto Alegre, o técnico Renato Gaúcho colocou em campo um Grêmio formado totalmente por reservas. O Botafogo também preservou alguns dos jogadores considerados mais importantes pelo treinador Jair Ventura.

Apesar da ausência de vários titulares dos dois lados, o confronto foi uma prévia das quartas de final da Copa Libertadores, que começará a ser definida entre Botafogo e Grêmio no dia 13 de setembro, novamente no estádio do Engenhão. O segundo jogo será realizado no dia 20, em Porto Alegre.

O time mandante começou a partida com muita disposição e pressionando os visitantes. E conseguiu abrir o placar logo no início, aos 6 minutos, em jogada que começou com uma roubada de bola de Matheus Fernandes no meio de campo, após dividida com o Kaio. O atacante Brenner foi servido, mas viu a passagem de Leandrinho, que recebeu belo passe e tocou por baixo do goleiro Paulo Vitor.

O Botafogo seguiu dominando as ações até por volta dos 20 minutos, quando perdeu rendimento e passou a ser envolvido pelo Grêmio. Aos 21, os gaúchos tiveram a primeira grande oportunidade para igualar o marcador em um chute do atacante Batista. Mas Brenner, que ajudava a defesa, conseguiu salvar em cima da linha.

Os gremistas levaram perigo novamente poucos minutos depois, em uma arrancada de Everton, que partiu do meio de campo, limpou o zagueiro e chutou para o gol, mas a bola desviou na zaga saiu para escanteio.

Aos 44 minutos, o meio-campista Matheus Fernandes usou o braço esquerdo para interceptar uma falta batida por Fernandinho: pênalti marcado pelo árbitro mato-grossense Wagner Reway. Na cobrança, o experiente lateral-esquerdo Marcelo Oliveira – com paradinha na corrida para a bola – tentou acertar o canto direito de Gatito Fernández, mas o paraguaio se esticou para fazer a defesa.

Na segunda etapa, apesar de algumas estocadas do Grêmio, o time botafoguense voltou a retomar a superioridade na partida. A equipe da casa teve ótima chance de ampliar o marcador, aos 13 minutos, com Léo Valencia, que chutou forte para grande defesa de Paulo Vitor.

O goleiro gremista voltou a salvar a equipe de levar o segundo gol em uma arrancada do lateral-direito Arnaldo, que chegou na cara do gol e disparou para grande defesa de Paulo Vitor. O jogo continuou muito intenso, disputado e com as equipes buscando o gol até o fim.

O Botafogo volta a campo nesta quarta-feira, no estádio do Engenhão, para enfrentar o Flamengo na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil. Depois, pelo Brasileirão, o clube alvinegro jogará no domingo, em Campinas (SP), contra a Ponte Preta. Já o Grêmio terá pela frente no Brasileirão, também no domingo, o Atlético Paranaense, em Porto Alegre. Antes, enfrenta o Cruzeiro.

FICHA TÉCNICA: BOTAFOGO 1 x 0 GRÊMIO

Local: Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro/RJ
Público: 5 358 pagantes (6 352 no total)
Renda: R$ 149.330,00
Árbitro: Wanger Reway (Fifa-MT)
Cartões amarelos: Gilson, Matheus Fernandes e Emerson Santos (Botafogo); Bruno Rodrigo (Grêmio)
Gol: Leandrinho, aos 6 minutos do primeiro tempo.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Arnaldo (Emerson Santos), Marcelo, Emerson Silva e Gilson; Matheus Fernandes, Bruno Silva, Leandrinho (Victor Luis) e Leonardo Valência; Guilherme e Brenner (Fernandes). Técnico: Jair Ventura

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Gomes, Bressan, Bruno Rodrigo e Marcelo Oliveira; Kaio, Jailson (Patrick), Lincoln (Jean Pyerre) e Fernandinho; Everton e Batista (Dionathã). Técnico: Renato Gaúcho

(com Estadão Conteúdo)