Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fluminense demite vice-presidente após vazamento de áudio

Em conversa no WhatsApp, Fernando Veiga disse que Fluminense "tem receita de time pequeno, de Atlético-GO..."

O Fluminense vive momento conturbado dentro e fora de campo e nesta quarta-feira tomou uma decisão dura: demitiu o o vice-presidente de futebol, Fernando Veiga, que, em áudio vazado, afirmou que a receita do clube carioca é de “time pequeno”. A decisão foi oficializada por meio de nota divulgada no site oficial da equipe.

“O Fluminense Football Club informa que Fernando Veiga não é mais o vice-presidente de futebol. O clube agradece pelos serviços prestados. Enquanto um novo nome não é definido para a pasta, o presidente Pedro Abad acumula o cargo”, declarou o clube.

As declarações de Fernando Veiga vazaram no dia anterior. “A gente não tem dinheiro para pagar salário de R$ 20 mil. Há um mês, corremos atrás de volantes e zagueiros medianos que pediram 250 mil para jogar pelo Fluminense. Como é que a gente paga isso? Nossa receita é baixíssima. A gente tem receita de time pequeno, de Atlético-GO. Nós somos time grande, um time enorme, um dos maiores times do mundo, mas a gente hoje tem receita de time pequeno”, esbravejou.

Em campo, a situação da equipe também não é animadora. Sem conseguir vencer nas últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ocupa a 16ª colocação, com apenas um ponto que o Sport, que abre a zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o clube tricolor fará clássico diante do Flamengo.

Confira a classificação completa do Brasileirão 2017