EUA, México e Canadá formalizam comitê para a Copa de 2026

Países farão a primeira candidatura tripla para sediarem o Mundial

México, Estados Unidos e Canadá anunciaram nesta quinta-feira a criação oficial do comitê da candidatura conjunta à sede da Copa do Mundo de 2026. “Estamos encantados de começar esse processo com nossos parceiros do Canadá e México. Esta é uma oportunidade especial para que, unidos pelo esporte, busquemos ser a sede da Copa do Mundo de 2026“, afirmou Sunil Gulati, presidente do recém-criado comitê e da Federação de Futebol dos Estados Unidos.

A ideia de apresentar uma candidatura dos três países era antiga e ganhou força quando a Fifa anunciou a expansão da Copa do Mundo de 32 para 48 seleções a partir de 2026. Esta é a primeira vez que três países apresentam uma candidatura conjunta. “O comitê da candidatura conjunta tem experiência e os recursos para apresentar uma candidatura de êxito, mas precisaremos de um enorme esforço e trabalho em equipe nos próximos oito meses para demonstrar à Fifa o verdadeiro potencial de nossas nações e sócios na Concacaf e assim ter a melhor Copa do Mundo da história”, acrescentou Gulati.

John Kristick será o diretor executivo do comitê, enquanto Jim Brown foi escolhido como diretor geral de operações técnicas – ambos são americanos. O canadense Peter Montopoli e o mexicano Yon de Luisa são os diretores da candidatura nos respectivos países. A América do Norte não recebe uma Copa do Mundo desde que os Estados Unidos foram sede em 1994. Antes disso, o México organizou o torneio em 1970 e 1986. A data final para apresentação formal das candidaturas é 16 de março de 2018, sendo que apenas os três países da América do Norte já oficializaram o desejo de organizar o evento mundial de seleções.

(com Estadão Conteúdo)