Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Esposa influenciou ida de Daniel Alves ao Paris Saint-Germain

Brasileiro fechou contrato de duas temporadas com clube francês e disse que a capital francesa é a cidade preferida da esposa Joana Sanz

Após oficializar sua ida para o Paris Saint-Germain, o brasileiro Daniel Alves explicou, na chegada ao clube, alguns dos motivos que o convenceram a se mudar para a capital francesa. De acordo com o lateral-direito, recém-desligado da Juventus, a opinião da esposa Joana Sanz, fã da cidade, pesou na escolha.

“Paris é a cidade preferida da minha esposa, a cidade do amor. Além disso, tenho vários amigos no clube, alguns ex-companheiros de equipe, pessoas que realmente gosto e admiro. Tudo isso influenciou minha escolha. A ambição do time em vencer e a maneira com que o PSG tem marcado a história do futebol também tiveram grande contribuição”, declarou Daniel Alves, que se casou há dois dias, em segredo, com a modelo espanhola Joana Sanz, em Ibiza.

Daniel Alves tinha na mesa uma ótima proposta do Manchester City, um pedido especial do técnico Pep Guardiola, e muitos jornais europeus davam a negociação como certa. No entanto, de última hora o brasileiro acabou optando pelo PSG, fato que frustrou o treinador espanhol.

O brasileiro assinou contrato com o PSG por duas temporadas e vestirá a camisa 32, que foi de David Beckham em 2013 e de David Luiz, entre 2014 e 2016.Na apresentação, ele recebeu o segundo uniforme do time para a temporada, que é amarelo em homenagem aos brasileiros que fizeram história no clube.

O lateral, um dos maiores vencedores do futebol, com 34 títulos oficiais na carreira, respondeu perguntas sobre o Campeonato Francês e sobre a Liga dos Campeões (vencida três vezes por Daniel com o Barcelona), principais objetivos da equipe na temporada.

“O torneio nacional é uma liga muita intensa e física, que exige 100% em todos os momentos. Quero dar o meu melhor. Junto com o resto da equipe, vamos trabalhar para manter as ambições do clube bem altas. Estou pronto para esse desafio e sei que fiz a melhor escolha”, completou o jogador. “O PSG ainda não teve a honra de conquistar a Liga dos Campeões. Esse é meu objetivo no ano. Vamos fortalecer a equipe como uma família para atingir esta meta”, finalizou.

Daniel Alves no Paris Saint-Germain

O jogador Daniel Alves se apresenta ao Paris Saint-Germain (//Divulgação)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulinho Vai-Vai

    Esposa? Ou os 7 milhões de salários, que mundo hipócrita, foi as cifras que fez ele ir pra Paris, só i$$o

    Curtir