Copa das Confederações: Alemanha mostra sua força e vai à final

Mesmo sem seus principais craques na Rússia, atuais campeões mundiais goleiam o México por 4 a 1 e enfrentarão o Chile pelo título

A ausência de campeões mundiais como o goleiro Neuer, o zagueiro Hummels, o meia Marco Reus e o atacante Thomas Müller, entre outros, pouco fez falta à Alemanha nesta quarta-feira pelas semifinais da Copa das Confederações. Composto basicamente por jovens que serão a base da seleção no futuro, o time comandado por Joachim Low mostrou sua força e goleou o México por 4 a 1 no Estádio Fisht, em Sochi (RUS).

O início do jogo fez os brasileiros lembrarem do fatídico 7 a 1 da semifinal da Copa do Mundo de 2014. Aos oito minutos do primeiro tempo, a Alemanha já vencia por 2 a 0, com dois gols do meia Leon Goretzka, do Schalke 04. O ritmo avassalador, no entanto, não continuou. Mas o México, por outro lado, pouco ameaçou. Mesmo com seus principais nomes, como o goleiro Guillermo Ochoa e o atacante Chicharito Hernandez, a equipe do técnico Juan Carlos Osorio não deu trabalho à defesa alemã.

No segundo tempo, a seleção europeia ampliou para 3 a 0 aos 14 minutos, com o atacante Timo Werner, do RB Leipzig, que assumiu a artilharia da competição com três gols. Marco Fabian descontou aos 44 minutos, com uma bomba de fora da área. Mas ainda deu tempo de Amin Younes marcar o quarto, nos acréscimos, em finalização dentro da área.

Com a vitória, a Alemanha classificou-se para a final da Copa das Confederações pela primeira vez na história, e enfrentará o Chile no domingo, em São Petersburgo. Os times duelaram na primeira fase do torneio, e o placar ficou empatado em 1 a 1.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ainda bem que o Brasil não tava nessa copa com o México foi assim,não quero nem pensar.

    Curtir